Doenças afetam qualidade do trigo gaúcho

Publicado em 16/10/2014 09:18 245 exibições

O tradicional dourado das lavouras de trigo no Noroeste, maior região tritícola do Estado com 280 mil hectares cultivados, deu lugar a um amarelo palha, diferente do tom da safra passada. O aspecto das plantas é resultado da ação de fungos como brusone e giberela – surgidos com a combinação de chuva frequente e altas temperaturas. As doenças ameaçam o volume e a qualidade do grão, que começou a ser colhido na região de Santa Rosa.

– A produtividade será bem menor do que a projeção inicial, de 2,7 mil quilos por hectare – aponta Claudio Dóro, agrônomo da Emater de Passo Fundo, região onde 50% das lavouras foram atingidas por fungos e o restante está na dependência do clima das próximas semanas.

Veja a notícia na íntegra no site do Zero Hora

Tags:
Fonte:
Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário