Manga: com safra da Tommy finalizada, colheita paulista se restringe à palmer

Publicado em 22/01/2020 10:28
17 exibições

A safra 2019/20 de manga tommy está praticamente finalizada na região de Monte Alto/Taquaritinga (SP). Assim, neste início de ano, a palmer tem sido a única variedade disponibilizada pela praça paulista – a oferta de palmer tem previsão de encerramento para meados de fevereiro/início de março.

Quanto à qualidade, mangicultores do estado têm reportado problemas com antracnose e bacteriose, acentuados pelas chuvas. A principal preocupação é com a Xanthomonas, bactéria que ainda é um desafio para a região, já que não há tratamento consolidado.

O nível de infestação varia dentre as propriedades: naquelas onde a incidência da doença é tolerável, as frutas têm sido destinadas à indústria, enquanto nos pomares onde a incidência é elevada, as perdas são certas. Esse cenário deve afetar a rentabilidade da região, visto que, além das perdas, a maior participação da indústria deve pressionar a receita de produtores – já que, neste segmento, os preços têm oscilado entre 30 e 40 centavos por quilo.

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário