Melão/Cepea: Embarques de janeiro surpreendem

Publicado em 27/01/2021 15:28 31 exibições

Dados oficiais ainda não foram divulgados, mas agentes entrevistados pelo Hortifruti/Cepea relataram que as exportações brasileiras de melão têm registrado bom ritmo em janeiro. Isso porque as passagens dos furacões Eta e Iota em alguns países da América Central, no fim do ano passado, impactaram na produção e/ou na infraestrutura logística (a depender da localidade), postergando os primeiros embarques das frutas desses importantes concorrentes.

A Costa Rica é um exemplo de localidade que enfrentou tais problemas. Cabe salientar que a safra deste país pode contar com um menor volume produzido e, consequentemente, exportado de melão, segundo notícia do Fresh Plaza, também, devido às incertezas de mercado ocasionadas pela pandemia do covid-19. Estes fatores, por sua vez, podem continuar favorecendo a demanda internacional pela fruta brasileira no próximo mês.

Vale ressaltar que, apesar desse cenário, agentes relataram que a própria redução gradual da colheita no Rio Grande do Norte/Ceará, comum nos últimos meses da campanha, atuou como limitante de melhores resultados das exportações brasileiras de melão no período. Alguns informaram, ainda, dificuldades na obtenção de embalagens de papelão, o que levou a atrasos de embarques em certos momentos.

MERCADO INTERNO – A redução gradual do volume ofertado na região RN/CE e os bons embarques internacionais diminuíram a disponibilidade de melão no mercado interno em janeiro – cenário que pode se manter até o aumento do fornecimento do Vale do São Francisco (BA/PE), que deve ocorrer apenas entre março e abril.

Fonte:
Cepea/Hortifruti

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário