Publicidade

CNA e FAO realizam seminário sobre o consumo de frutas e hortaliças no Brasil

Publicado em 29/07/2021 12:51 34 exibições

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura no Brasil (FAO), promove, no dia 4 de agosto, o seminário “Frutas e Hortaliças – Por que comer mais?”.

O objetivo do evento, que será transmitido de 9h às 12h no agropelobrasil.com.br e pelo Youtube, é debater a importância e os hábitos de consumo desses alimentos no Brasil e os impactos da pandemia do covid-19.

O seminário também marca o início de uma série de ações e encontros virtuais, que serão realizados até o dia 30 de outubro, e que abordarão temas como segurança alimentar, boas práticas e higienização de alimentos, rastreabilidade e certificação, tendências de consumo no Brasil, entre outros.

Publicidade

“A iniciativa da FAO e da CNA visa reunir especialistas do setor agropecuário nacional e internacional, bem como entidades importantes para a promoção das boas práticas alimentares e da saúde humana, em prol da execução de ações informativas”, explicou a assessora técnica da CNA, Letícia Fonseca.

Para o representante adjunto da FAO, Gustavo Chianca, a parceria entre as instituições é um passo importante para a promoção do “Ano Internacional de Frutas, Legumes e Verduras”, instituído pelas Nações Unidas. O objetivo é aumentar a conscientização sobre a importância desses alimentos para a nutrição humana, segurança alimentar e saúde para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e redução da perda e desperdício.

Uma das ações são as lives temáticas, que serão transmitidas a cada quinze dias, sempre às quintas-feiras, de 10h às 11h30, no agropelobrasil.com.br. A primeira acontece no dia 19 de agosto.

Tags:
Fonte:
CNA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário