Mandioca/Cepea: Média nominal é a maior desde fevereiro de 2018

Publicado em 25/10/2021 09:53 32 exibições

Mesmo com as boas condições climáticas na maior parte da última semana, que favoreceram os trabalhos no campo, a oferta de mandioca não aumentou muito, devido à baixa disponibilidade de lavouras de segundo ciclo e ao fato de que agricultores têm priorizado o plantio. Do lado da demanda, com a diminuição no esmagamento desde o início deste mês e com parte da indústria buscando repor estoques, a procura pela matéria-prima se intensificou, conforme relatos de colaboradores do Cepea. Assim, os preços seguiram em alta, e a média semanal (18 – 22) a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia subiu 2,4% frente à da semana anterior, para R$ 563,35 (R$ 0,9797 por grama de amido), a maior, em termos nominais, desde fevereiro de 2018. Em valores atualizados (deflacionamento pelo IGP-DI), porém, essa média ainda está 7% menor que a do mesmo período do ano passado.

Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário