Melancia/Cepea: Após meses de seca, chuvas retornam às lavouras de SP

Publicado em 28/10/2021 08:11 18 exibições

A colheita de melancias no estado de São Paulo já foi iniciada em Marília/Oscar Bressane. E, até meados de setembro, praticamente não havia chovido nestas praças, deixando lavouras locais dependentes da irrigação para manter a umidade. Agora, em outubro, as precipitações chegaram às regiões produtoras paulistas e agentes já se mostram otimistas quanto aos benefícios ao desenvolvimento das frutas.

Em Marília/Oscar Bressane, o aumento do volume de chuvas também reduziu a utilização de irrigação nos últimos dias, o que pode contribuir para amenizar a alta dos custos de produção. Já em Itápolis, além dos benefícios anteriores, o cenário possibilitou o avanço nas atividades de semeio em áreas de sequeiro.

Vale relembrar que, na safra 2020/21, a falta de chuvas, principalmente em Itápolis, limitou a produtividade e a rentabilidade da temporada. Neste cenário, melancicultores estão mais otimistas quanto aos resultados da produção atual, que pode, inclusive, contar com preços firmes, considerando-se que deve haver redução de área nas praças paulistas e em Encruzilhada do Sul (RS), que colhe no mesmo período.

Fonte:
Cepea/Hortifruti

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário