Segundo card da série “Na Trilha do Cacau” apresenta raio-X da produção brasileira de amêndoas

Publicado em 18/11/2021 15:31 33 exibições
Material apresenta o volume de recebimento dos principais estados produtores e calcula diferença entre o volume recebido e a moagem das indústrias

O segundo card da série “Na Trilha do Cacau”, produzido pela Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC) já está no ar com um raio x da produção de cacau brasileira. O infográfico apresenta a média de recebimento de cacau por estado e traz ainda o cálculo das diferenças entre o volume recebido e a moagem nos últimos quatro anos. Esse card dá continuidade ao primeiro episódio lançado, sobre o panorama da produção de cacau mundial. “O intuito dessa série é apresentar ao público os principais dados do setor, para que seja possível compreender os desafios, aprendizados e oportunidades da cadeia de suprimentos do cacau”, explica Anna Paula Losi, diretora-executiva da AIPC.

Com um total de nove cards, os novos episódios da série são lançados todas as quintas-feiras, em primeira mão no Portal Notícias Agrícolas. A série conta a trajetória do setor desde a década de 1980, quando o Brasil era um dos maiores produtores de cacau do mundo, até o impacto da vassoura-de-bruxa, que fez com que o País passasse a oscilar entre a sexta e sétima posição no ranking mundial de produção de amêndoa.

Outros temas como o funcionamento do sistema drawback e como é calculado o preço do cacau também serão abordados. A série de cards se encerra com um infográfico sobre as perspectivas para o futuro da produção cacaueira no Brasil. “Na Trilha do Cacau” apresentará de forma sucinta e clara todo esse processo, defendendo inclusive investimentos na produção de amêndoas a fim de fazer com que o País apresente aumento de produtividade e reduza a dependência das importações. As postagens da série estarão disponíveis para download no site da AIPC: www.aipc.com.br

0fea00c6-e1d8-41f1-8b56-870e8c7b5d06
Panorama da produção mundial de cacau | Fonte: AIPC
Tags:
Fonte:
AIPC

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário