Escolha adequada de fungicidas é essencial na obtenção de melhores resultados de produtividade

Publicado em 31/07/2020 10:33 e atualizado em 31/07/2020 15:15 830 exibições
Fox® Xpro, da Bayer, conta com três ingredientes ativos no combate às principais doenças* de culturas como soja, milho e algodão

O planejamento para a próxima safra de soja do Brasil pode começar diferente. A escolha correta dos fungicidas a serem utilizados é uma das etapas mais importantes para que o produtor mantenha até o final da temporada a sanidade das plantas, sem ocorrência das principais doenças associadas à cultura, como manchas, antracnose e ferrugem, além de assegurar melhores resultados de produtividade.

Nédio Tormen, diretor técnico do Instituto Phytus, engenheiro agrônomo e fitopatologista, destaca que a geração de resultado financeiro está associada com a produtividade e os fungicidas são parte essencial. "Enquanto pesquisadores, passamos parâmetros para que o produtor tome a decisão correta. Se ele usar um programa que consegue proteger a planta, terá melhores resultados", afirma.

A ação dos fungicidas no controle de doenças da soja está ligada com a proteção das folhas, mantendo-as sadias por mais tempo, eficientes e com a função fisiológica ativa, sem estresses que poderiam gerar gastos de energia desnecessários para a planta e que afetam seu desempenho. Ainda assim, segundo Tormen, alguns produtores associam o uso desses produtos apenas à ferrugem.

"A maioria dos produtores brasileiros faz duas ou mais aplicações de fungicida durante a safra de soja. No entanto, há a percepção de que a ferrugem está diminuindo em algumas regiões do país e de que os fungicidas estariam atrelados apenas a ela, mas não, temos verificado nas últimas temporadas a incidência de várias outras doenças com potencial de causar danos importantes à produtividade", explica.

A escolha por produtos de alta performance é essencial para assegurar a produtividade na temporada e para que o produtor não acumule prejuízo, já que o custo é um fator importante. "O produtor precisa considerar que o fungicida sempre será uma fração do seu custo de produção. Caso ele não use ou faça menos aplicações que o necessário, estará perdendo dinheiro", diz Tormen. O retorno também depende de parâmetros adequados na aplicação, com equipamentos de qualidade.

Pensando na sanidade aliada à produtividade, a Bayer lançou na safra 2019/20 o fungicida Fox® Xpro, com três ingredientes ativos – Trifloxistrobina, Protioconazol e Bixafem, que tem ação tripla no combate das principais doenças do cultivo da soja. A formulação da Bayer, inclusive, foi destaque no prêmio no CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil) da região Sul deste ano, na categoria soja irrigada.

"Fazemos ensaios de pesquisa técnica com o Fox® Xpro e verificamos que é um produto eficiente, inclusive com recomendações positivas de produtores que o utilizaram em áreas comerciais", afirma Tormen.

Para saber mais sobre o Fox® Xpro, clique aqui.

*Consulte a bula para saber mais.

Fonte:
Bayer

0 comentário