Solução da BASF controla na pré-emergência as principais plantas daninhas do arroz e garante ganhos de produtividade

Publicado em 03/09/2020 09:27 e atualizado em 03/09/2020 10:01 1434 exibições
O novo herbicida Prowl® H2O possui formulação inovadora e sustentável contribuindo para ganhos em produtividade

O manejo de plantas daninhas é atualmente um dos principais motivos de atenção dos produtores de arroz no Brasil, com perdas que podem chegar a 2.000 quilos por hectare nas lavouras em decorrência de efeitos diretos, diante da matocompetição com a cultura principal, além de prejuízos indiretos, como dificuldades no momento da colheita, beneficiamento, e impactos na qualidade do produto final. As principais plantas daninhas do arroz na região sul são o capim-arroz, arroz-vermelho e as ciperáceas.

Devido à dificuldade no controle das plantas daninhas, a maior parte dos investimentos em defensivos no cultivo do cereal é destinada para minimizar as perdas de rendimento pela matocompetição, e também no manejo de resistência de plantas daninhas aos herbicidas. Com o plantio previsto para os próximos meses, o produtor deve redobrar a atenção. “O rizicultor precisa estar atento o ano todo. A efetividade no combate às plantas daninhas pode ser muito baixa se realizarmos apenas ações isoladas. O sucesso no manejo se dá pela somatória de boas práticas”, afirma Vitor Bernardes, gerente de marketing cultivos Arroz e Trigo da BASF.

Arroz Basf

Herbicida Prowl® H2O conta com formulação inovadora e sustentável

Através de soluções inovadoras e reforçando a cada safra seu compromisso na busca por melhores resultados aos produtores, a BASF, empresa líder em tecnologia para arroz, lançou o herbicida Prowl® H2O. A solução é de uso em pré-emergência, ou seja, deve ser aplicada na cultura do arroz logo após a semeadura e sempre antes da emergência das plantas daninhas. Comum a formulação inovadora,alta seletividade e amplo espectro de controle, tem se mostrado eficiente com ganhos expressivos de produtividade.

“O Prowl® H2Opossui mecanismo de ação diferente de outros herbicidas no mercado. Permite o controle das plantas daninhas, mesmo aquelas já resistentes a outros herbicidas, como o capim-arroz e as ciperáceas, além de ser seletivo para a cultura do arroz”, explica Bernardes. Como é um herbicida de pré-emergência, o Prowl® H2O deve ser utilizado em um sistema de manejo integrado com outras soluções BASF de pós-emergência.

Em estudos internos na pré-emergência do arroz, a BASF verificou que o uso do Prowl®H2O pode resultar em incrementos de produtividade de até 1.000 kg/ha, devido à redução significativa da emergência e matocompetição das plantas, além de contribuir para uma melhor performance dos herbicidas de pós emergência.

Para saber mais sobre o Prowl® H2O e todas as soluções da BASF para a cultura do arroz, clique aqui.

Fonte:
BASF

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário