SoyTech: marca de licenciamento de soja da BASF tem lançamentos com alta tecnologia e genética de qualidade

Publicado em 10/01/2022 10:58
Lavouras com cultivares da empresa já estão disponíveis para visitação em todo o Brasil

Uma série de novas variedades irá marcar a safra 2021/22 aos produtores de soja do Brasil. Os lançamentos são da SoyTech, marca de licenciamento de sementes da BASF, com foco em alta tecnologia e genética de qualidade, com ampla estabilidade e adaptabilidade regional. Ao todo, são mais de 30 variedades disponibilizadas pela marca ao mercado.

Como destaque, há lançamentos que contam com as plataformas Intacta e da recém lançada tecnologia Intacta 2 Xtend (I2X), que, além do glifosato, conta com a tolerância adicional ao herbicida Dicamba, e uma proteína a mais para resistência a lagartas, da terceira geração de biotecnologia.

“A companhia vem investindo fortemente em pesquisa e desenvolvimento. Temos uma base de germoplasma bem robusta e com isso temos aprimorado constantemente a nossa genética para trazer materiais altamente produtivos e com resistência às principais doenças da cultura”, destaca Gabriela Andrade, líder de pesquisa da BASF.

Um dos principais lançamentos da marca para a safra 2021/22 é a SOYTECH 700 I2X, material precoce e de alto potencial produtivo, mesmo com condições climáticas adversas, segundo testes em pré-lançamento. A variedade se encaixa muito bem nas áreas de sucessão com a cultura do algodão, no estado de Mato Grosso.

Sua grande amplitude e estabilidade permitem que o plantio seja realizado desde o Paraná até o Mato Grosso, incluindo os estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. A marca também conta com lançamentos para o Sul, com altos tetos produtivos, como a SOYTECH 490 I2X, um material precoce que foi pré-lançado nesta safra. Além da SOYTECH 580 I2X, SOYTECH 591 I2X, SOYTECH 621 I2X e a SOYTECH 631 I2X.

“A produtividade é sempre o primeiro quesito considerado no desenvolvimento de uma variedade, seguida de resistência a doenças e outras características agronômicas”, considera a líder de pesquisa. “Nosso foco é sempre antecipar tendências ao produtor”, complementa Gabriela.

SoyTech: Foco em elevar experiências

Além da dedicação na pesquisa científica, com o desenvolvimento de materiais que atendem às necessidades dos produtores, com o auxílio dos multiplicadores, a SoyTech também se atenta à comercialização dos materiais com foco nas experiências dos compradores.

“Nossas equipes estão preparadas para trazer o melhor posicionamento dessas cultivares, o quão importante são as recomendações de cada uma delas, a quantidade a ser plantada e onde cada material se encaixa para extrair o máximo potencial. Buscamos elevar experiências com os nossos produtos”, afirma Graziela Morais, líder de negócio SoyTech.

O acesso às variedades SoyTech pelo produtor é feito através de multiplicadores, sementeiros ou cooperativas, que são quase 90 espalhados por todo o Brasil, focados nos pilares de facilidade, agilidade e experiência do cliente. “A gente entrega uma semente com genética, eles multiplicam e levam isso até o agricultor”, explica a líder de negócio SoyTech.

“Essa parceria é essencial para fazer com que o nosso produto chegue até o agricultor. Vemos nisso uma relação de ganho recíproco. O multiplicador é o nosso cliente e, ao mesmo tempo, o parceiro que traz para a gente esse pilar muito importante de escoamento no nosso negócio”, complementa Graziela.

“Temos como slogan ‘A vida do nosso negócio é o negócio da sua vida’. Nele, trazemos a essência do quanto para nós é importante tanto o negócio do nosso parceiro, quanto o do agricultor, que tem um propósito importantíssimo de alimentar vidas, de alimentar o mundo, mas esse também é o meio de sustento dele”, explica Graziela.

Vitrines: Lavouras poderão ser visitadas em todo o Brasil

Para que os produtores possam ver a campo todo o potencial das variedades SoyTech, lavouras vitrines espalhadas por todo o Brasil já estão disponíveis para visitação. “Teremos 14 vitrines com livre acesso nesta safra nos estados de Mato Grosso, Goiás, Bahia, Maranhão, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul”, explica Graziela.

Além disso, mais 48 vitrines poderão ser acessadas através de agendamentos. “A intenção é que os produtores vejam os campos e tenham ali todas as informações necessárias, como as características de cada variedade, se encaixam naquela região e os contatos para adquirir”, aponta a líder de negócio.

A localização das lavouras de livre acesso está disponível no site e nas redes sociais da SoyTech e da BASF.

 

Para saber mais sobre os materiais da SoyTech e encontrar os multiplicadores mais próximos de sua propriedade, clique aqui.

Fonte:
SoyTech

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário