Pesquisa do MasterCitrus leva à regulamentação de três novos bactericidas para a descontaminação de frutos em packing house

Publicado em 23/04/2020 09:49 63 exibições
A partir do estudo desenvolvido no mestrado profissional do Fundecitrus, Mapa também autoriza redução do tempo de exposição aos produtos

Um estudo do Mestrado Profissional em Controle de Doenças e Pragas dos Citros (MasterCitrus), do Fundecitrus, resultou na regulamentação de três bactericidas alternativos para a descontaminação, em packing house, de frutos de citros destinados ao consumo in natura produzidos em pomares sob sistema de mitigação de risco para o cancro cítrico.

Os bactericidas autorizados são à base de ácido peracético, oxicloreto de cálcio e dióxido de cloro. Até então, a legislação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) permitia apenas o uso do hipoclorito de sódio. A partir dos resultados da pesquisa, a nova determinação também autoriza a redução do tempo de exposição aos bactericidas de 2 para 1 minuto.

“Além de apresentarem vantagens técnicas importantes em relação ao hipoclorito de sódio, estes bactericidas alternativos contribuirão para ampliar as opções disponíveis aos produtores de fruta de mesa, permitindo o uso daquela de melhor relação custobenefício”, avalia o pesquisador do Fundecitrus Franklin Behlau, orientador do trabalho.

A regulamentação dos bactericidas foi solicitada pela Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Citricultura junto ao Mapa e o pedido foi confirmado em 31 de março. Para ler a dissertação do engenheiro agrônomo Alexandre Paloschi, acesse https://www.fundecitrus.com.br/pdf/projetos/AlexandreZPaloschi.pdf. 
 

Tags:
Fonte:
Fundecitrus

0 comentário