Citros: preço da tahiti dispara e chega aos R$ 100/cx em SP, recorde nominal

Publicado em 07/08/2020 10:00 77 exibições

Os preços da lima ácida tahiti, que já vinham registrando altas consecutivas há algumas semanas, dispararam entre o final de julho e o início de agosto, atingindo recordes nominais da série histórica do Hortifruti/Cepea deste produto (iniciada em 1996). Nesta semana, a caixa da fruta, de 27 kg, colhida, chegou a ser negociada a R$ 100,00 em algumas roças paulistas, mas a média parcial da semana (de segunda a quinta-feira) fechou em R$ 89,96/cx (alta de 20,1% frente à anterior). A expectativa é de que as cotações sigam elevadas em agosto, até a intensificação da colheita. Segundo pesquisas do Cepea, esse avanço nos valores está atrelado ao baixo volume de frutas disponíveis nos pomares. Com as poucas chuvas nas principais regiões produtoras do estado de São Paulo, o tamanho dos frutos vem sendo comprometido, não chegando nos padrões demandados pelos mercados doméstico e externo. Apesar disso, a fruta ainda apresenta boa coloração e ausência de problemas fitossanitários. 

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário