Citros: Com altas temperaturas, demanda por cítricos é favorecida

Publicado em 04/09/2020 15:47 26 exibições

O clima quente nos últimos dias tem favorecido o mercado de cítricos em São Paulo. Com a maior demanda e a redução da oferta de frutas de boa qualidade (as laranjas estão mais miúdas e murchas), devido ao baixo volume de precipitação nas regiões produtoras, as cotações estão se mantendo em alta, atingindo valores bem superiores aos verificados no mesmo período de anos anteriores.

Nesta semana (31/08 a 04/09), a pera registrou média de R$ 31,22/cx de 40,8 kg, na árvore, aumento de 1,3% em relação à semana passada. A valência, por sua vez, é negociada com média de R$ 27,08/cx de 40,8 kg, na árvore, valor praticamente estável  (-0,2%) no mesmo comparativo.

No mercado de lima ácida tahiti, a demanda também está mais aquecida (por conta do início do mês e das altas temperaturas), e os preços retomaram o movimento de alta. Além da baixa oferta neste período de entressafra, as poucas frutas disponíveis estão ficando amareladas, devido ao clima quente.

Assim, na média da semana, a tahiti foi negociada a R$ 79,92/cx de 27 kg, colhida, avanço de 15,6% em relação à semana anterior, com máximas de R$ 90,00/cx. Caso bons volumes de chuvas sejam registrados no estado paulista até o fim deste mês, a perspectiva é de que a oferta volte a aumentar na segunda quinzena de outubro.

Tags:
Fonte:
Cepea/Hortifruti

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário