Citros/Cepea: Investimentos na safra 2022/23 podem ser restritos

Publicado em 07/01/2022 10:28 121 exibições

A rentabilidade da laranja na temporada 2021/22 foi restrita para muitos citricultores (mesmo com os preços mais altos que no ano anterior), resultado da baixa produtividade registrada em praticamente todo o cinturão citrícola. Neste cenário, pesquisadores do Cepea indicam que as expectativas para 2022 são de investimentos limitados na atividade, o que possivelmente resultará em diminuições na área plantada e até mesmo de renovação de pomares. Outro fator que pode restringir os novos plantios é a alta significativa nos custos de produção e de implantação. Por outro lado, citricultores mais capitalizados estão aumentando os investimentos em irrigação, visando reduzir os riscos climáticos. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que o estado de São Paulo e o Triângulo Mineiro registrem área 1,4% menor na temporada 2022/23, totalizando apenas 374 mil hectares. Já a área em produção deve ser de 340 mil hectares, queda de 1,8% na mesma comparação. Se confirmada, a menor área em produção pode ser um limitante para uma colheita significativa nos próximos anos, dada a redução no potencial produtivo do cinturão citrícola. 

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário