Demanda por transporte rodoviário de cargas tem leve queda semanal, diz pesquisa

Publicado em 26/05/2020 14:19 41 exibições

LOGO REUTERS

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil terminou a última semana praticamente estável, com um leve recuo de 0,05 ponto percentual em relação à semana anterior, indicou pesquisa divulgada nesta terça-feira pela NTC&Logística.

Segundo o levantamento da associação de empresas do setor, a demanda atingiu no período uma queda de 41,28% em comparação com os níveis registrados antes da pandemia de coronavírus. Na semana anterior, quando houve a primeira piora após três semanas de resultados positivos, a queda na demanda geral era de 41,23%.

A sondagem da NTC&Logística verifica a demanda pelos transportes desde meados de março, quando a crise sanitária e ecônomica começou a se agravar. O pior resultado até agora ocorreu em meados de abril, quando o índice atingiu queda de 44,8% na comparação com os níveis pré-pandemia.

Apesar de a demanda não ter registrado recuo abrupto ao longo da última semana, o percentual de empresas com queda de faturamento no período avançou e atingiu 94%, o maior nível desde o início das pesquisas, acrescentou a NTC&Logística.

Para cargas fracionadas, que contêm pequenos volumes, a sondagem mostrou uma piora de cerca de 1,3 ponto na comparação semanal, com a queda alcançando a marca de 41,34%.

Já para cargas lotação, que ocupam toda a capacidade dos veículos e são utilizadas principalmente nas áreas industriais e agrícolas, a retração atingiu 41,27%, uma leve melhora de 0,7 ponto em relação à semana anterior.

A pesquisa não divulgou os impactos de demanda divididos por cada setor participante.

(Por Gabriel Araujo)

Tags:
Fonte:
Reuters

0 comentário