Milho atinge preço recorde na China e importações podem aumentar

Publicado em 16/03/2012 11:29 1113 exibições
Os preços do milho no mercado doméstico chinês estão bastante altos e, nesta sexta-feira, atingiram a máxima de todos os tempos. Segundo informações de agências internacionais, o cereal caminha para o maior ganho semanal em um ano e o suporte para o mercado vem da restrita oferta interna, o que poderia estimular o aumento das importações. 

Esse rally registrado no mercado chinês do milho deverá impulsionar novas altas no mercado internacional de grãos, haja visto que ainda faltam seis meses, no mínimo, para a chegada da oferta da nova safra norte-americana do cereal. E os estoques dos EUA estão estimados para serem os menores em 16 anos. 

Desde dezembro, a Sinograin, gerente das reservas estatais do país, estocou apenas 1,2 milhão de toneladas de milho da safra do ano passado. Da colheita de 2010, no entanto, o volume dos estoques chegou a 11 milhões de toneladas. 

"A produtividade no norte da China está mais baixa por conta do clima e por falta de luz solar, então, está claro que a oferta está ficando mais apertada. As importações devem aumentar, uma vez que a oferta não é suficiente", disse Wang Na, analista de mercado da corretora Futures Everbright, de Dalian. 

Com informações de agências internacionais.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário