Milho: Costa Rica libera cultivo de variedades transgênicas pela Monsanto

Publicado em 22/01/2013 15:42
436 exibições
A Comissão Técnica de Biossegurança da Costa Rica concedeu na noite desta última segunda-feira (21) à Monsanto permissão para cultivar milho geneticamente modificado no país. Em votação, a empresa foi autorizada a plantar até dois hectares de milho para produção de sementes e pesquisa. O consumo ou comercialização das sementes nos país está proibido e toda produção deverá ser exportada.

O pedido foi apresentado pela empresa Delta & Land, subsidiária local da Monsanto, em novembro do ano passado e levou a protestos e manifestações públicas de ecologistas e universitários, além de cartas contrárias ao uso de transgênicos por faculdades do país.

No mês passado, o reitor da Faculdade de Ciências Agrárias (UCR), Luis Felipe Arauz, afirmou que há riscos de contaminação do milho nativo com o transgênico. Apresentando projeções baseadas em modelos matemáticos que levavam em conta, por exemplo, aspectos eólicos para provar sua tese.

Segundo dados do Serviço Fitossanitário do Governo, atualmente, existem na Costa Rica 443,1 hectares de lavouras transgênicas, sendo 394,3 de algodão, 44,6 de soja, 3,2 de abacaxi e 1 hectare de banana, pertencentes as empresas Semillas Olson, D & PL Semillas, Bayer, Semillas del Trópico e Del Monte.
Tags:
Por Ana Paula Pereira
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário