China deve importar 10 milhões de toneladas de milho em 2013/14

Publicado em 22/08/2013 16:01
902 exibições

As importações de milho da China devem chegar a 10 milhões de toneladas em 2013/14. É o que afirma Bryan Lohmar, diretor do Conselho de Grãos dos Estados Unidos na China.

Este número, que se deve aos preços domésticos elevados e à demanda interna por carnes, representa um crescimento de três vezes mais em relação ao ano comercial anterior e coloca a China no patamar de segundo maior importador de cereal no mundo, com uma participação de 10%, superando o México e a Coreia do Sul e ficando atrás apenas do Japão.

A demanda doméstica da China irá ultrapassar a produção estimada para o país. Em algumas regiões, a cotação do cereal já chega a US$390 a tonelada. O milho norte-americano chega aos portos por US$245 a tonelada.

Os compradores já utilizaram a maioria das cotas de importação deste ano. O país atribui cotas para companhias privadas e estatais importarem 7,2 milhões de toneladas por ano. Nos nove primeiros meses do ano poderá ser contratado o volume para 2014. 

A China já comprou 3 milhões de toneladas de milho da nova safra norte-americana. No ano passado, este número era de 800 mil toneladas. O milho é utilizado para matéria-prima de ração animal, uma vez que o país asiático consome cerca de 50 milhões toneladas de carne suína por ano, com um crescimento de 7% a 8% ao ano na demanda.

Tags:
Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • OTAVIO BEHLING Cuiabá - MT

    Após a conclusão da BR.163 - Cuiabá Santarém, Mato Grosso poderá se transformar no grande vendedor/fornecedor de milho para a China e com isto desovar uma quantia significativa de sua produção sempre recorde e a preços mais competitivos.

    0