Argentina: plantio de milho avança, mas ainda com alguns atrasos

Publicado em 02/12/2016 08:36
76 exibições

O último informe da Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA) já dava conta de que havia começado o plantio de lotes tardios de milho na Argentina, com destino ao grão comercial, em grande parte da área agrícola nacional.

Agora, o novo informe aponta que os maiores avanços de plantio se deram nas regiões Centro-Norte de Córdoba, centro-leste de Entre Ríos, no núcleo norte e no nordeste argentino. A janela ideal de plantio de lotes tardios e de segunda safra se estenderá até o final de janeiro, com os últimos plantios no nordeste.

Por outro lado, alguns lotes afetados por geadas ainda se recuperam das últimas chuvas. Nas zonas sudeste e sudoeste de Buenos Aires e sul de La Pampa, a falta de umidade restringe o avanço das plantadeiras e atrasa o crescimento dos lotes já implantados.

As chuvas registradas durante a última semana permitiram repor umidade nos solos em grande parte do país, ainda que, até a data de fechamento do informe, eram registradas reservas escassas no sul da província de Buenos Aires.

Grande parte dos quadros passam pelas etapas fenológicas entre diferenciação de folhas e perfilhamento. Até a data, o avanço de plantio está em 43,3% de uma área estimada para a safra 2016/17 de 4.900.000 hectares, 27% a mais do que no ciclo anterior. O avanço de uma semana para a outra foi de 2,2%.

Com informações do Infocampo.com.ar

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário