Milho: Cotações voltam a subir em Chicago na tarde desta 6ª de olho no USDA e na demanda

Publicado em 12/10/2018 13:40
871 exibições

LOGO nalogo

Os preços do milho negociados na Bolsa de Chicago deixaram de lado a estabilidade observada no início do dia e passaram a operar em campo positivo na sessão desta sexta-feira (12). Mais cedo, o mercado optou por uma ligeira realização de lucros e registrou leves baixas. 

Perto de 13h20 (horário de Brasília), as cotações do milho subiam entre 3,25 e 4,25 pontos, com os traders voltados ainda para os últimos - e altistas - números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta-feira (11), mas também se atentam às informações da demanda. 

Em seu reporte semanal de vendas para exportação, o USDA mostrou que, na semana encerrada em 5 de outubro, os EUA venderam mais de 1 milhão de toneladas do grão, volume que ficou dentro das expectativas do mercado. 

E ontem, o USDA revisou para cima duas estimativas para as exportações americanas para mais de 62 milhões de toneladas, contra o número anterior de 60,96 milhões. 

Paralelamente, o clima no Corn Belt ainda chama a atenção. 

"As previsões para as principais regiões produtoras que passam pela colheita agora serão acompanhadas de perto pelos traders já que chuvas intensas e até mesmo neve seguem trazendo lentidão aos trabalhos de campo", explicam os analistas da Allendale, Inc. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário