Milho: Na CBOT, mercado ainda exibe movimento de realização de lucros e segue com leves quedas nesta 6ª

Publicado em 09/11/2018 12:20 e atualizado em 09/11/2018 17:40
103 exibições

LOGO nalogo

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho mantém o tom negativo nos negócios durante a sessão desta sexta-feira (9). Perto das 11h44 (horário de Brasília), os principais contratos testavam quedas de mais de 3 pontos. O dezembro/18 trabalhava a US$ 3,70 por bushel, enquanto o março/19 operava a US$ 3,82 por bushel.

"O mercado exibe um momento de realização de lucros depois de ganhos acumulados desde 20 de agosto. A fraqueza nos preços da soja e no trigo também pesa no milho", informou a Reuters internacional.

Além disso, os participantes do mercado ainda absorvem os dados de oferta e demanda apresentados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta-feira (8).

Apesar das reduções apontadas nas projeções da safra norte-americana e na produtividade, o departamento trouxe um aumento expressivo nos estoques finais globais. Os números subiram de 159,35 milhões para 307,51 milhões de toneladas, segundo informações da Reuters internacional.

B3

Em contrapartida, as cotações futuras do milho negociadas na bolsa brasileira trabalham em campo positivo no pregão desta sexta-feira. Às 11h16 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal exibiam valorizações de mais de 1%, com o novembro/18 cotado a R$ 36,36 a saca e o janeiro/19 a R$ 38,73 a saca.

As cotações encontram suporte na valorização cambial observada no final da semana. O câmbio subia 0,45%, cotado a R$ 3,7549 na venda.

"O dólar subia ante o real nesta sexta-feira, acompanhando o mercado externo depois que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, reafirmou sua postura de política monetária na véspera", destacou a Reuters.

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário