Milho: Após feriado nos EUA, mercado inicia pregão desta 6ª com leves quedas, próximo da estabilidade

Publicado em 23/11/2018 12:39 e atualizado em 24/11/2018 19:26
95 exibições

LOGO nalogo

As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta sexta-feira (23) com ligeiras perdas, próximas da estabilidade. Por volta das 12h37 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/18 era cotado a US$ 3,60 por bushel.

As cotações voltaram do feriado do Dia de Ação de Graças, comemorado nesta quinta-feira (22) nos Estados Unidos, em queda. "As vendas técnicas baseadas nos gráficos e as perdas acentuadas no mercado do petróleo bruto pesam nos preços", destaca a Reuters Internacional.

Ainda nesta sexta-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu boletim semanal de vendas. Na semana encerrada no dia 15 de novembro, as vendas de milho ficaram em 882,4 mil toneladas, entre safra 2018/19 e 2019/20.

Da temporada 2018/19, o número ficou em 877,4 mil toneladas, com o México como principal destino, com a aquisição de 375,9 mil toneladas. O total anunciado ficou dentro do esperado pelos investidores, entre 600 mil a 900 mil toneladas.

O USDA ainda reportou a venda de 132 mil toneladas de milho para a Coreia do Sul. O volume negociado deverá ser entregue ao longo da campanha 2018/19.

B3

Enquanto isso, na bolsa brasileira, as cotações do milho operam em campo negativo nesta sexta-feira. Os vencimentos do cereal recuavam entre 0,63% e 0,78%, perto das 11h33 (horário de Brasília). O contrato janeiro/18 era cotado a R$ 38,40 a saca e o março/19 a R$ 37,90 a saca.

As cotações recuam apesar da leve alta observada no dólar. A moeda norte-americana era negociada a R$ 3,81 na venda, com alta de 0,12%, perto das 12h31 (horário de Brasília).

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário