Falta de chuvas no Paraná impacta qualidade das lavouras de milho

Publicado em 09/01/2019 14:30
213 exibições

LOGO nalogo

A Secretaria de Agricultura e do Abastecimento do Paraná divulgou, por meio do Departamento de Economia Rural (Deral), seu o relatório de plantio, colheita e comercialização das principais safras do estado. O levantamento apontou que a cultura do milho no estado apresenta 74% avaliado como condição boa e 24% como média e 2% ruim. No último levantamento divulgado no mês de dezembro eram 85% as áreas boas e 14% as médias.

A maior parte plantada ainda se encontra na fase de frutificação (55%), enquanto 27% permanece em floração. Enquanto isso, 10% se mantem em descanso vegetativo e 8% já avançaram até a maturação. Já para a 2ª safra de milho no Paraná, 3% do total de área cultivada já foi plantada, toda ela ainda em estado germinativo.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o presidente da Aprosoja Paraná, Márcio Bonessi, destacou que esses primeiros plantios da segunda safra de milho estão sofrendo com a falta de chuvas no estado.

“Muitas áreas de soja já foram colhidas e plantadas o milho e, como as chuvas estão irregulares, temos algumas áreas de milho sofrendo para emergir. O produtor tem que estar atento à previsão do tempo, que não estão firmes de chuva, e ter muito cuidado para plantar esse milho segunda safra que é muito arriscado o produtor plantar esse milho sem ter previsão de chuva boa e ele não vir a emergir como está acontecendo em algumas áreas do Paraná”.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário