Milho: Preços internacionais caem até 1,25 ponto nesta terça-feira

Publicado em 19/02/2019 12:12 e atualizado em 19/02/2019 17:19
146 exibições

LOGO nalogo

Os preços internacionais do milho apresentam leves baixas nessa terça-feira (19). As principais cotações registram desvalorizações entre 1 e 1,25 pontos negativos por volta das 11h59 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a US$ 3,73, o maio/19 valia US$ 3,81 e o julho/19 era negociado por US$ 3,89.

Segundo análise de Bryce Knorr da Farm Futures, “os preços do milho estão tentando subir mais alto depois de realizar um teste de apoio aos gráficos de outono e inverno na sexta-feira. O mercado vai aguardar a liberação de estimativas atualizadas do USDA na quinta-feira, com os comerciantes começando a se concentrar na oferta e demanda de 2019”.

O USDA inicia sua conferência de previsão anual na quinta-feira, quando conversas comerciais de alto nível com a China também serão retomadas em Washington. O otimismo em relação ao comércio ajudou a impulsionar os mercados financeiros na última sexta-feira, mas o tom é mais cauteloso hoje. Os futuros do índice de ações dos EUA apontam para uma abertura menor em Wall Street hoje, depois que o mercado se tornou fraco na Europa após o comércio misto na Ásia.

Informações divulgadas por Tony Dreibus da Successful Farming revelam que os produtores de milho dos Estados Unidos provavelmente plantarão cerca de 91,7 milhões de acres com milho este ano, um aumento de 89,1 milhões no ano passado, disse Todd Hubbs, economista da Universidade de Illinois, em um relatório divulgado na terça-feira.

Os preços do milho desde o lançamento do relatório WASDE (World Agricultural Supply and Demand Estimates) de fevereiro, no início deste mês, foram relativamente estáveis, o que pode ser parcialmente atribuído às expectativas de aumento da área plantada, disse ele.

B3

Já a bolsa brasileira apresenta movimentações misturadas nessa terça-feira. As principais cotações apresentam flutuações entre 0,41% negativo e 0,18% positivo por volta das 12h11 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a R$ 41,75, o maio/19 valia R$ 39,80 e o julho/19 era negociado por R$ 36,25.

Conforme apontado pela XP Investimentos, as cotações seguem firmes em função dos estoques em níveis relativamente comportados. A semana também começou com a comercialização lenta no mercado físico. Em Campinas/SP as referências tiveram poucas alterações e giram entre R$41,00 e R$42,00/saca. CIF, 30d.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário