Milho: Preços internacionais operam próximo da estabilidade, mas ainda positivos nesta sexta-feira

Publicado em 22/02/2019 12:18 e atualizado em 22/02/2019 17:26
118 exibições

LOGO nalogo

Após abrir a sexta-feira (22) apresentando altas, os preços do milho operam próximos da estabilidade, mas ainda positivos na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam valorizações entre 0,75 e 1 ponto por volta das 12h01 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a US$ 3,76, o maio/19 valia US$ 3,85 e o julho/19 era negociado por US$ 3,93.

Segundo Tony Dreibus da Successful Farming, os ganhos do milho, assim como da soja e do trigo, seguem sem grandes movimentações com o mercado de olho nos possíveis desdobramentos das negociações envolvendo China e Estados Unidos.

Os rumores dão conta de que as duas partes se encaminham para um acordo nos encontros que aconteceram ontem e retornam hoje. Embora nada oficial tenha sido divulgado ainda, a expectativa é de entendimento entre os representantes das duas potenciais com o prazo final chegando cada vez mais perto.

“Ainda não está claro se o presidente Trump estenderá o prazo, depois do qual a Casa Branca disse que vai aumentar a tarifa em mais de US $ 200 bilhões em produtos chineses para 25% do nível atual de 10%. Um acordo acabaria com a guerra comercial de um mês de duração entre os países em que cada um deles impunha tarifas sobre os outros bens. A soja foi especialmente atingida, uma vez que a nação asiática, que já foi a maior importadora de sementes oleaginosas dos Estados Unidos, basicamente parou as compras”, afirmou Dreibus.

B3

A bolsa brasileira também opera próxima da estabilidade, mas apresenta resultados misturados nesta sexta-feira. As principais cotações registravam movimentações entre 0,33% negativo e 0,42% positivo por volta das 12h15 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a R$ 41,59, o maio/19 valia R$ 39,52 e o julho/19 era negociado por R$ 36,08.

De acordo com a Radar Investimentos, há dificuldade de abastecimento no mercado físico paulista e isto tem sustentado as cotações de uma maneira geral. Provavelmente, o fluxo de negócios deve continuar curto entre hoje e a próxima segunda-feira. As referências em Campinas-SP giram ao redor de R$41-R$43/sc, CIF, 30d.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário