Com poucas operações registradas, milho tem resultados misturados em Chicago

Publicado em 20/03/2019 09:16 e atualizado em 20/03/2019 12:44
156 exibições

LOGO nalogo

A quarta-feira (21) começa com a Bolsa de Chicago (CBOT) apresentando resultados misturados para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam movimentações entre 0,50 pontos negativos e 0,25 pontos positivos por volta das 08h54 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado a US$ 3,71, o julho/19 valia US$ 3,80 e o setembro/19 foi negociado por US$ 3,87.

Segundo analistas da ARC Mercosul, o mercado em Chicago opera sem um expressivo volume de operações desde o início da semana. Entretanto, ao longo das últimas horas, a pressão nos preços diante da falta de novidades da Guerra Comercial, foi levemente revertida.

A oferta total sul-americana de grãos em 2019 ainda possui uma perspectiva robusta, o que limita a capacidade de ganhos das cotações internacionais. Mesmo com as quebras da safra-verão no Brasil, a produção final para o milho continua atrelada na casa das 93,5 milhões de toneladas.

Na Argentina, números entre 44-47 MT para o milho continuam entre os mais discutidos na indústria privada. Já nos Estados Unidos, um início de safra úmido tem colocado preocupações diante do potencial de plantio do milho.

Confira como fechou o mercado na última terça-feira:

>> Com preocupações sobre enchentes nos EUA, milho fecha a 3ªfeira com resultados misturados

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário