Milho: Mercado segue com desvalorizações na CBOT durante o pregão desta 4ª feira

Publicado em 26/06/2019 12:18 e atualizado em 26/06/2019 17:24
373 exibições

LOGO nalogo

Os preços do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) seguem do lado negativo da tabela nesta quarta-feira (26). Por volta das 12h02 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal exibiam quedas de 2,75 a 3,50 pontos, com o contrato julho/19 a US$ 4,44 por bushel e o setembro/19 a US$ 4,50 por bushel.

Segundo Tony Dreibus, analista da Sussccesful Farming, as cotações estão negativas devido a expectativa ao relatório trimestral de estoques de grãos e do relatório de áreas plantadas nos Estados Unidos da América, que vão ser divulgados na próxima sexta-feira (28). “Os analistas esperam uma área de milho de cerca de 86,7 milhões de acres (34,68 milhões de hectares), um percentual abaixo da estimativa de junho”, diz Dreibus. 

B3

Nesta quarta-feira, a Bolsa Brasileira (B3) está sendo marcada por valorizações aos preços do milho. Às 11h54 (horário de Brasília), as principais posições da commodity exibiam quedas de  0,37% e 0,66%. O vencimento julho/19 era cotado a R$ 38,10 a saca e o setembro/19 trabalhava a R$ 38,32 a saca.

De acordo com o boletim da Radar Investimentos, o ritmo dos negócios no mercado físico do milho travou nesta semana mesmo com o andamento da colheita da safrinha em todo vapor. “O vendedor subiu as propostas de negócio e os compradores têm tido que se abastecer mesmo com preços firmes”, destaca. 

 

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário