Milho: sexta-feira começa com cotações levemente desvalorizadas em Chicago

Publicado em 23/08/2019 09:16 e atualizado em 23/08/2019 12:29
327 exibições

LOGO nalogo

A sexta-feira (23) começa com leves baixas para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 2,00 e 2,50 pontos por volta das 09h05 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/19 era cotado à US$ 3,60 com queda de 2,50 pontos, o dezembro/19 valia US$ 3,68 com baixa de 2,25 pontos, o março/20 era negociado por US$ 3,81 com desvalorização de 2 pontos e o maio/20 tinha valor de US$ 3,88 com perda de 2 pontos.

Segundo informações da Successful Farming, os futuros do milho foram pouco alterados durante a noite em meio a resultados mistos de outro dia após a turnê de culturas Pro Farmer.

Os rendimentos de milho em Iowa foram fixados em 182,8 bushels por acre (191,2 sacas por hectare), segundo Pro Farmer. Isso está abaixo da projeção do USDA de 191 bushels por acre (199,7 sacas por hectare) e os 196 bushels do ano anterior por acre (205 sacas por hectare).

Os rendimentos de milho de Minnesota, entretanto, foram estimados em cerca de 170,4 bushels um acre (178,2 sacas por hectare). A previsão é de uma projeção do governo de 173 bushels por acre (180,9 sacas por hectare) e 182 bushels do ano anterior por acre (190,3 sacas por hectare).

“Os comerciantes também estão de olho na atual guerra comercial entre os EUA e a China. As conversas entre os dois lados devem ser retomadas no mês que vem”, destaca o analista Tony Dreibus.

Confira como fechou o mercado na última quinta-feira:

>> Milho: Bolsa de Chicago encerra quinta-feira com cotações estáveis

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário