Milho: Chicago inicia a terça-feira com estabilidade após leve avanço na colheita

Publicado em 10/12/2019 09:12 e atualizado em 10/12/2019 12:10
178 exibições
Milho americano estava 92% colhido até domingo

LOGO nalogo

A terça-feira (10) começa com estabilidade para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações máximas de 0,25 pontos por volta das 08h50 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,65 com estabilidade, o março/20 valia US$ 3,76 com alta de 0,25 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 3,81 com ganho de 0,25 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 3,86 com estabilidade.

Na segunda-feira (09), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou novos relatórios sobre estoques e colheita americana. De acordo com o dados reportados, 92% do milho americano foi colhido até o domingo (08), contra a média dos últimos cinco anos de 100%.

Entre os estados, Dakota do Norte está mais atrasada com apenas 43% do milho colhido. Wisconsin estava apenas 74% completo em comparação com uma média de 95% em cinco anos. Outros estados incluem Illinois com 96% versus uma média de 100% em cinco anos, e Iowa com 95% quando a colheita normalmente seria concluída.

Agora, o USDA deve divulgar seu último boletim mensal de oferta e demanda de 2019 nesta terça-feira (10). O mercado espera a média das projeções em 47,73 milhões de toneladas. No reporte do último mês, os estoques finais do cereal foram estimados em 48,54 milhões de toneladas.

Relembre como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Com as expectativas para o USDA, cotações do milho fecham a sessão desta 4ª feira com leves baixas em Chicago - (Por Andressa Simão)

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário