Milho: Mercado aguarda relatório do USDA e cotações flutuam pouco em Chicago

Publicado em 10/12/2019 12:09 e atualizado em 10/12/2019 17:01
143 exibições

LOGO nalogo

Os preços internacionais do milho futuro seguem operando com poucas movimentações na Bolsa de Chicago (CBOT) ao longo desta terça-feira (10). As principais cotações registravam altas máximas de 0,75 pontos por volta das 11h44 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,66 com valorização de 0,75 pontos, o março/20 valia US$ 3,76 com ganho de 0,50 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 3,81 com alta de 0,50 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 3,86 com elevação de 0,50 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, o mercado de milho segue estável antes do relatório do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) sobre oferta e demanda que deve ser divulgado nesta terça-feira.

“A fraca demanda aumenta a pressão, mas o futuro do milho recebe apoio de preocupações de que as lavouras deixadas no campo durante o inverno atrasarão a estimativa final da colheita. O USDA disse na segunda-feira à tarde que a colheita de milho estava 92% concluída em 8 de dezembro. A média de cinco anos é de 100% e os analistas esperavam 94%”, aponta Mark Weinraub da Reuters Chicago.

B3

A bolsa brasileira também registra leves ganhos para os preços do milho futuro nesta terça-feira. As principais cotações operavam com alta de 0,91% por volta das 11h04 (horário de Brasília).

O vencimento janeiro/20 era cotado à R$ 48,76 com elevação de 0,91% e o março/20 valia R$ 47,49 com valorização de 0,91%.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário