Milho abre a 4ªfeira em alta na B3 para os primeiros contratos

Publicado em 23/02/2021 09:21 e atualizado em 23/02/2021 11:53 309 exibições
Chicago segue subindo acompanhando outras commodities

LOGO nalogo

A terça-feira (23) começa com os preços futuros do milho em capo misto, mas tendendo mais para as elevações na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações entre 0,04% negativo e 0,84% positivo por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à R$ 88,01 com alta de 0,81%, maio/21 valia R$ 88,01 com ganho de 0,72%, o julho/21 era negociado por R$ 81,70 com queda de 0,04% e o setembro/21 tinha valor de R$ 78,45 com valorização de 0,84%.

Mercado Externo

Os preços internacionais do milho futuro iniciaram a terça-feira subindo na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 1,75 e 3,50 pontos por volta das 09h04 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à US$ 5,54 com elevação de 3,25 pontos, maio/21 valia US$ 5,53 com alta de 3,25 pontos, o julho/21 era negociado por US$ 5,45 com valorização de 3,50 pontos e o setembro/21 tinha valor de US$ 4,92 com ganho de 1,75 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho subiram cerca de 1,5% na segunda-feira em uma rodada de compras técnicas impulsionadas em grande parte pelos ganhos em uma ampla gama de outras commodities, incluindo o trigo.

Já o volume de inspeção de exportação de milho caiu novamente na semana passada, caindo para 48,5 milhões de bushels. Isso estava no limite superior das estimativas de comércio, que variaram entre 19,7 milhões e 55,1 milhões de bushels. Os totais acumulados para o ano comercial de 2020/21 continuam apresentando uma tendência significativamente melhor do que o ritmo do ano passado, com 944,8 milhões de bushels.

Relembre como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Cotação do milho se valoriza neste primeiro dia da semana na B3

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário