B3 realiza lucros e milho passa a recuar nesta segunda-feira

Publicado em 08/03/2021 12:01 e atualizado em 08/03/2021 16:50 451 exibições
Chicago também muda de lado e perde força

LOGO nalogo

Os preços futuros do milho mudaram de trajetória nesta segunda-feira (08) e passaram a recuar na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 1,10% e 3,16% por volta das 11h56 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à R$ 89,90 com perda de 1,10%, o maio/21 valia R$ 92,82 com desvalorização de 3,16%, o julho/21 era negociado por R$ 88,80 com baixa de 1,66% e o setembro/21 tinha valor de R$ 84,63 com queda de 1,82%.

Depois de atingir a marca dos R$ 96,00 no contrato maio/21, os vencimento futuros do cereal brasileiro mudam de direção devolvendo ganhos e estimulando a realização de lucros.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também mudou de lado e operou em queda para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 2,00 e 4,75 pontos por volta das 11h47 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à US$ 5,60 com queda de 2,00 pontos, o maio/21 valia US$ 5,40 com perda de 4,75 pontos, o julho/21 era negociado por US$ 5,30 com baixa de 4,00 pontos e o setembro/21 tinha valor de US$ 4,95 com desvalorização de 3,75 pontos.

Segundo informações do analista Tony Dreibus, do site internacional Successful Farming, o mercado se prepara para a divulgação do relatório mensal de estimativas de oferta e demanda agrícola mundial (WASDE), no qual o governo dos Estados Unidos deve atualizar sua previsão de estoques de milho e soja.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário