Futuros do milho estendem quedas na B3 no início desta 3ªfeira

Publicado em 22/06/2021 09:17 e atualizado em 22/06/2021 11:52 1407 exibições
Chicago cai com novas chuvas recuperando a seca nos EUA

LOGO nalogo

A terça-feira (22) começa com os preços futuros do milho recuando na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 0,78% e 1,31% por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento julho/21 era cotado à R$ 82,55 com queda de 0,78%, o setembro/21 valia R$ 83,11 com perda de 0,94%, o novembro/21 era negociado por R$ 84,58 com desvalorização de 1,31% e o janeiro/22 tinha valor de R$ 87,50 com baixa de 0,89%.

Para o analista de mercado da Agrinvest, Marcos Araújo, o momento de mais alta nas cotações do milho no Brasil já passaram, e agora existe um viés de baixa para o cereal, em meio à aceleração dos trabalhos de colheita no país.

Como exemplo deste espaço de queda, o analista cita a diferença entre a cotação para setembro/21 no porto e na B3. Enquanto os negócios para exportação estão ao redor dos R$ 73,00 a saca, a Bolsa Brasileira é negociada próxima de R$ 84,00, deixando cerca de R$ 10,00 para desvalorização da saca.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também abriu as operações da terça-feira com os preços internacionais do milho futuro caindo. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 3,50 e 7,25 pontos por volta das 09h02 (horário de Brasília).

O vencimento julho/21 era cotado à US$ 6,55 com baixa de 3,50 pontos, o setembro/21 valia US$ 5,65 com perda de 5,50 pontos, o dezembro/21 era negociado por US$ 5,49 com desvalorização de 7,25 pontos e o março/22 tinha valor de US$ 5,56 com queda de 7,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os grãos cairam no comércio da madrugada em meio à previsão de chuvas em partes do meio-oeste dos Estados Unidos esta semana, já que a precipitação é esperada em partes de Iowa e Illinois, os maiores produtores de milho.

“A chuva nas próximas duas semanas aumentará a umidade no meio-oeste e a precipitação nas planícies do norte reduzirá o estresse da seca”, disse o Commodity Weather Group em um relatório.

Relembre como fechou o mercado na última segunda-feira:

+ Milho: B3 cai nesta 2ªfeira e segue com tendência de baixa

Por:
Guilherme Dorigatti Borges
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário