HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

StoneX retira mais 1,55 milhão de toneladas da projeção para a safrinha após geadas

Publicado em 01/07/2021 14:48 e atualizado em 01/07/2021 15:34 1177 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

A Consultoria StoneX refez seus cálculos e divulgou nova estimativa de produção para a segunda safra de milho no Brasil. O último número apresentado era de 62 milhões de toneladas, mas agora a empresa trabalha com 60,45 milhões de toneladas, uma queda de 2,5%.

De acordo com a consultoria, o clima tem penalizado a safra de milho e, as geadas que recentemente atingiram os estados do Mato Grosso do Sul e no Paraná, foram mais um fator a prejudicar o potencial produtivo e reduzir ainda mais o cenário de disponibilidade do cereal.

“Por ter ocorrido recentemente, ainda não é possível ter uma percepção exata dos reais impactos da geada e, portanto, novos ajustes não podem ser descartados”, pondera o analista de mercado da StoneX, João Pedro Lopes.

Detalhando os números, a produção do Mato Grosso do Sul registrou uma queda de 684 mil toneladas, ficando em 6,68 milhões de toneladas, enquanto a paranaense recuou 880 mil toneladas, o que reduziu a produção do estado para 6,74 milhões de toneladas.

Outra projeção revista pela StoneX foi a de exportação que teve um novo corte de 1 milhão de toneladas, ficando em 20 milhões. “Por outro lado, a demanda doméstica segue forte, ainda estimada em 71,5 milhões de toneladas, destacando que as importações ainda podem crescer em relação à estimativa atual de 2,5 milhões de toneladas. Diante desse cenário, os estoques finais ficaram em 9,54 milhões de toneladas, com uma relação estoque/uso de 10,4%”.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Rodrigo Polo Pires

    Buenas, estou aqui com a última estimativa da dona conab, 106 mi de ton de milho total neste ano. Para a safrinha a estimativa é de 80 mi de ton. Ou seja, 20 mi de ton a mais que a stonex. O USDA diz que vamos consumir 80 mi de ton de milho no Brasil. Entonces, diz também que, teremos 5 mi de ton de estoque final de setembro. Tiremos então 20 mi de ton do total da dona conab e teremos 86 mi de ton, mais 5 mi de ton de estoque perfaz um total de 91 mi de ton. Se a estimativa da stonex, bem otimista, estiver correta, 91 mi de ton menos 70 mi de ton dá 21 mi de ton que sobra para exportar.

    2