Imea aponta pressão nas cotações do milho em MT e aumento da diferença entre preço no estado e em Chicago

Publicado em 30/11/2021 09:40 275 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) divulgou relatório apontando que a diferença de base MT – CME vem apresentando um resultado negativo, apontando preços mais competitivos no Mato Grosso em relação à Chicago.

O levantamento aponta que, na última semana as cotações do milho no estado estavam R$ 10,58 por saca menor do que os preços na Bolsa de Chicago, uma diferença R$ 16,11 por saca menor do que o registrado no mesmo período do ano passado.

“O mês de nov/21 foi marcado pela menor demanda pelo cereal mato-grossense, dado que os grandes players do estado já atingiram as suas intenções de compra para exportação da safra, e diante disso as cotações do milho em MT vêm sendo pressionadas”, explica o Imea.

Ao mesmo tempo, as cotações na Bolsa de Chicago apresentaram alta de 1,06% devido a demanda aquecida e as exportações elevadas dos Estados Unidos.

“Diante dessa conjuntura, é esperado que a diferença de base continue negativa, uma vez que a colheita do milho nos EUA está praticamente fina lizada, o que tende a aliviar a pressão baixista da entrada de oferta nas cotações da bolsa de Chicago”, apontam os técnicos do Instituo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário