Manutenção do subsídio ao etanol de milho nos EUA será votado nas próximas semanas

Publicado em 07/12/2010 15:58 326 exibições
No último dia 2 de dezembro, o senador norte-americano Baucus, presindente do Comitê Financeiro do Senado dos Estados Unidos lançou um projeto de lei estendendo até 2011 dezenas de incentivos fiscais federais ajustados para expirar no final deste ano. O projeto contém várias disposições importantes para o etanol que deverá ser votado nas próximas semanas.

Abaixo, veja o que inclui o pacote e mais a declaração do  sobre a possível manutenção dos benefícios.

- Extensão do VEETC até 2011 em 36 centavos de dólar por galão (o mesmo nível contido no apresentado no início deste ano e menor 9 centavos em relação à taxa atual de 45 cents).

- Extensão da taxa de crédito para o pequeno produtor de  etanol  de 8 centavos de dólar por galão (abaixo dos 10 cents atuais).

- Extensão da tarifa secundária sobre as importações de etanol até 2011 em 54 centavos por galão, assim como acontece atualmente.

- Extensão da taxa de crédito do Reabastecimento do Veículo Alternativo até 2011 de 30%.

"Baseado em recentes discussões entre a Casa Branca e o Congresso, a ACE esperou este pacote fiscal. Reconhecemos que alguns podem sugerir que o projeto não é bom o suficiente para o etanol, mas a verdade é que, dadas as limitações do orçamento federal, a realidade política nacional, e o fato de que as nossas taxas de incentivo ao etanol estão programadas para expirar em menos de 30 dias, a ACE está preparada para apoiar o disposto para o produto neste pacote.  Claramente,  a ACE preferiria uma extensão da VEETC e o crédito ao pequeno produtor dos completos 45 e 10 centavos de dólar, respectivamente, e por mais de um ano, mas reconhecemos a alternativa, entretanto, não é possível".

Segundo o analista de mercado Ricardo Lorenzet, caso seja aprovado a prorrogação do subsísio, os efeitos não serão sentidos fortemente no mercado de milho, mas sim de soja.

"A demanda firme no mercado interno de milho dos Estados Unidos para a produção de etanol está sendo ofuscada pela fraqueza das exportações", diz.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário