Desembarque de milho no Japão está atrasado por conta de danos nos portos após terremoto

Publicado em 17/03/2011 13:59 508 exibições
O terremoto e o tsunami que atingiram o Japão na última sexta-feira danificaram os portos da região nordeste do país. Por conta disso, o desembarque de cerca de 200 mil toneladas de milho está atrasado e a maioria das embarcações está sendo direcionada para terminais no sul do país.

As compras japonesas mensais do grão são de aproximadamente 1 milhão de toneladas e o produto é utitilizado principalmente para a fabricação de ração.

Segundo um levantamento de executivos, um terço da produção total de ração do país - 7,8 milhões de toneladas - são formuladas em quatro portos atingidos pelo desastre.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário