Milho: Com redução da área de plantio, safra norte-americana pode perder 8 milhões de toneladas

Publicado em 09/06/2011 12:13 e atualizado em 09/06/2011 13:35 974 exibições
A redução da área de plantio de milho nos Estados Unidos reportada pelo USDA (Departamento de Agricultura dos EUA) em seu relatório mensal de oferta e demanda desta quinta-feira deve tirar quase 8 milhões de toneladas da safra de milho.

A data tradicional para a revisão da área plantada na safra 2011/12 é dia 30 de junho, porém, o departamento não esperou e reduziu suas estimativas de 37,3 para 36,7 milhões de hectares.

Com isso, mesmo diante da produtividade mantida em 166 sacas por hectare, o esperado para a produção caiu das 343 milhões de toneladas estimadas em maio para 335,3 milhões de toneladas em seu boletim de junho.

Reflexo dessas reduções, os estoques finais de milho norte-americano da safra 11/12 também foram reduzidos drasticamente de 22,86 milhões para 17,65 milhões de toneladas. Segundo analistas, as reservas são suficientes para apenas 19 dias de consumo. A relação estoque x consumo foi reduzida em 1,50 ponto percentual de 6,74 para 5,24%.

Quanto aos estoques finais da safra 10/11 foram mantidos em  18,54 milhões de toneladas.

Mundo - Para a produção mundial, o USDA reduziu de 867,73 milhões para 866,18 milhões de toneladas, um recuo de 0,18%. Os estoques finais também registraram um declínio - de 13,36% - e passaram de 129,14 milhões para 111,89 milhões de toneladas.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário