Trading estatal de grãos da China critica números do USDA para o milho

Publicado em 08/07/2011 15:11 507 exibições
A Cofco, principal trading de grãos da China, criticou o último relatório sobre área plantada divulgado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) na semana passada, o qual acabou provocando uma significativa baixa nos preços do milho.

No último dia 30, o departamento estimou o plantio do cereal nos EUA em 37,53 milhões de hectares na safra 2011/12. Entretanto, o relatório de três semanas antes apontava para apenas 36,71 milhões de hectares.

"Os dados de milho do USDA são um insulto a pesquisadores como nós. Eu não sei se os pesquisadores norte-americanos carecem de competência ou se o USDA tem  apenas uma capacidade de vigilância limitada. Se for [uma das hipóteses], eu acho que eles não  deveriam divulgar rotineiramente seus dados porque o prejuízo que causam aos investidores é muito
grande. Se este for o padrão dos dados, as companhias não conseguem se proteger nos mercados futuros, e isso pode trazer enormes perdas para nossas empresas", disse o pesquisador da estatal chinesa, Fei Zhonghai.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário