Preços do petróleo caem por tensões EUA-China e aumento em casos de coronavírus

Publicado em 27/07/2020 11:32 e atualizado em 27/07/2020 14:39 79 exibições

LOGO REUTERS

Por Florence Tan e Dmitry Zhdannikov

CINGAPURA/LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo recuavam nesta segunda-feira devido ao crescimento no número de casos de coronavírus e às tensões entre Estados Unidos e China, que geravam incertezas sobre as perspectivas de recuperação da demanda por petróleo.

O petróleo Brent recuava 0,73 dólar, ou 1,68%, a 42,61 dólares por barril, às 11:24 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,7 dólar, ou 1,7%, a 40,59 dólares por barril.

A queda veio com investidores buscando ativos que são considerados refúgios seguros, como ouro e títulos, dada a tensão entre as duas maiores economias do mundo que seguiu-se ao fechamento de consulados em Houston e Chengdu.

Os casos globais de coronavírus, enquanto isso, ultrapassaram a faixa de 16 milhões.

Apesar da baixa, o petróleo Brent ainda segue a caminho do quarto mês consecutivo de ganhos em julho, enquanto o WTI pode ter a terceira alta mensal seguida, com cortes de oferta da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e da Rússia apoiando as cotações.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário