Contratação de crédito rural até março cresce 11% ante safra 2018/19

Publicado em 07/04/2020 15:30 58 exibições

LOGO estadao

A contratação de crédito rural nos nove primeiros meses do ano -safra 2019/20 soma R$ 140,8 bilhões, aumento de 11% ante igual período da safra passada, informa o Ministério da Agricultura. No período de julho de 2019 a março deste ano, os destaques são para o investimento e o custeio, com montante de R$ 38,6 bilhões e R$ 77,2 bilhões, respectivamente, crescimento de 20% e de 9%. Os financiamentos para comercialização tiveram redução de 16%, para R$ 15,8 bilhões. O valor das contratações de custeio pelos pequenos e médios produtores, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Programa Nacional de Médios Produtores (Pronamp), cresceu 17% e 42% respectivamente.

"Em relação ao número de contratos, entre os pequenos e médios, houve aumento. No caso dos demais produtores, houve redução de 31%, concentrada nas operações com recursos provenientes dos depósitos à vista (MCR 6-2 - Recursos Obrigatórios) e da Poupança Rural com subvenção econômica (MCR 6-4), respectivamente de 33% e 41%, evidenciando a ampliação do alcance do Pronamp, pela incorporação de médios produtores que estavam contrantando financiamento de custeio nas condições vigentes para os grandes produtores", disse a pasta em nota.

Em relação aos investimentos, os realizados dentro do Pronaf e do Pronamp cresceram 18% e 97%, atingindo R$ 10,3 bilhões e R$ 2,1 bilhões, respectivamente. Para os demais produtores, o aumento foi de 17%, passando de R$ 22,5 bilhões para R$ 26,2 bilhões.

Os financiamentos subvencionados (feito nos programas de investimento administrados pelo Mapa, com recursos do BNDES, e considerados prioritários) mantiveram-se em alta: o Programa ABC (51%), o Programa de Construção e Ampliação de Armazéns - PCA (42%), o Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica - Inovagro (70%) e o Programa de Apoio ao Médio Produtor (97%).

Fonte:
Estadão Conteúdo

0 comentário