Publicidade

Suiá Missú: Aumenta risco de novo conflito na região do Posto da Mata

Publicado em 12/12/2012 11:45 e atualizado em 12/12/2012 14:53 3256 exibições
Nesta quarta-feira, 12 de dezembro, o clima na região da gleba Suiá Missú, no nordeste de Mato Grosso, ainda é muito tenso e o risco de se iniciar um novo conflito a qualquer momento ainda é eminente. A Polícia Federal, a Polícia Federal Rodoviária e a Força Nacional ainda estão mobilizadas e colocando em prática as ordens judiciais de despejo.

Segundo informações do comerciante local Roberto Soares da Silva, na madrugada de hoje, por volta de 2h da manhã, a polícia invadiu a fazenda Conquista no Posto da Mata e retirou de lá o proprietário e sua família. "Eles chegaram de madrugada e tiraram o fazendeiro de lá sem que ele pudesse tirar nada do que é seu, ele mal pôde ficar com a roupa do corpo. Foi ele, a mulher e duas crianças para a rua. A polícia os deixou na estrada, sem nada", relata.

Ainda na manhã de hoje, por volta de 10h,  mais de 60 policiais invadiram uma fazenda com caminhões para confiscar o gado da propriedade, porém, uma barreira de mais de 100 moradores tentava impedir a retirada dos animais. Segundo informações da Agência da Notícia, várias famílias já foram removidas da área da gleba entre as cidades de Alto Boa Vista e São Felix do Araguaia e as retiradas continuam sendo feitas. 

Como forma de tentar impedir o avanço da polícia e da Força Nacional, os produtores rurais e a população local já bloquearam a entrada de alguns municípios mato-grossenses como Água Boa, Xavantina, Vila Rica e o povoado de Posto da Mata. Outras cidades como Barra do Garças também deverá ser bloqueada. 

Clique aqui para ampliar!
Foto: José Medeiros

As rodovias também estão sendo bloqueadas. Os manifestantes já fecharam pontos da BR-158, 242 e 080 na região de Suiá Missú. Por volta de 12h, o Notícias Agrícolas falou com Dorival Ruiz Linares, produtor rural da região de Água Boa, e a informação é de que os moradores continuarão resistindo, lutando por suas terras. "O Exército está vindo e não vamos deixar eles entrarem. O cenário aqui é de guerra. Os produtores estão sendo ameaçados com facões, tiros, estamos sendo tratados como marginais, nós que só estamos querendo sustentar nossas famílias", disse Linares. 

Não só Linares, mas outros produtores entrevistados pela nossa equipe nesta quarta-feira afirmaram que os índios permanecem lutando ao lado da população local. "Os índios xavantes continuam aqui, do nosso lado", disse Roberto Soares da Silva. "É importante frisar que os índios estão lutando conosco. Eles não querem a nossa terra, nunca estiveram lá. Isso é coisa da Funai, que é um órgão corrupto e implantaram os índios a força nessas terras", disse Dorival Ruiz Linares. 

E não só produtores rurais que estão sendo prejudicados, mas sim toda a população local da região. "Em Posto da Mata tem hospital, rede de transmissão, postos de gasolina, aquilo é uma cidade criada com a estrutura que aquele povo que está sendo injustiçado criou. O conflito está até deixando crianças sem estudar. Isso tudo é um absurdo com cidadãos brasileiros", completou Linares.
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

11 comentários

  • marcos possenti melnek Foz do Iguaçu - PR

    Muito bei paulo adriano bei dito

    0
  • marcos possenti melnek Foz do Iguaçu - PR

    E gilberto celestino xke voce nao leva eles para dentro de sua casa e cuida deles sabe o alimento ke voce come todos os dias vei dese tipo de jente ke rala todo dia para por alimento na sua mesa o voce vive de lus o povo e muito mal agradesido ninguei vive de ferro o tecnolojia e sin de arros feijao e carne sin akela.ke todos gostao de comer na xurascaria

    0
  • marcos possenti melnek Foz do Iguaçu - PR

    Todo tipo de clace trabahladora fais manifestasao e os agricultor nunca ce manifesta ta na hora de ce manifesta ce cuntinua asin vamostodos vamos ter ke pedir bolsa familia au governo dai kei vai plantar o feijao e arros cera ke os governantes vao plantar cuando era para eifrentar a duresa os agricultores cerviao agora ke ta bonito e valorisado todos kerei

    0
  • PAULO ADRIANO GAI CERVO sapezal - MT

    GILBERTO TU DEVERIA TER VERGONHA DE AGREDIR PESSOAS QUE TU NEM CONHECE DESTA FORMA. VEM PRA CÁ AMIGAO, CONHEÇA A REALIDADE DESTE POVO! QUEM COLOCOU A MAIORIA DESTAS PESSOAS LA FOI NO PROPRIO GOVERNO. MAS DEIXA PRA LÁ, É MAIS FACIL CONDENAR NÉ. DEVERIA TIRAR TU E TUA ESPOSA, FILHOS ETC DA TUA CASA E TE POR NA RUA TAMBEM, AFINAL, VALADARES UM DIA TAMBEM FOI TERRA DE INDIO E SE A JUSTIÇA QUE TU CLAMA FAZER REALMENTE O PAPEL QUE TU APLAUDE, TALVERZ CHEGE TAMBEM TUA HORA DE IR MORAR NA RUA. QUANDO SAIR, NAO TE ESQUECA DE PEDIR DESCULPA AOS INDIOS TA!!! O ASSUNTO É MUITO MAIS COMPLEXO QUE A LEVIANDADE DE JULGAR SEM CONHECER. DEVAGAR JOVEM.

    0
  • gilberto celestino gov valadares - MG

    Esta gente nao e tolinha, nao e trabalhadora e muito menos honesta!Se nao sao grileiros e invasores de terras,areas sao no minimo receptadores, uma vez que se fazendo de inocentes e vitimas da desonestidade alheia, adquiriram areas que bem sabiam, ter documentacao duidosa. Mas no Brasil, e assim mesmo, depois a gente da umas propinas, e tudo se ajeita. Felizmente,as mudancas estao acontecendo,a justica comeca a fazer JUSTICA,e estes bandoleiros , vao sendo colocados nos seus devidos lugares. Desocupem ja as terras dos nossos irmaos indios, e , pecam desculpas pelos danos causados, pela ganancia e certeza de impunidade em que viviamos ate entao.viva o BRASIL,a nossa justica que enfim justifica a sua existencia.

    0
  • LIDIANI CRISTINA ZENI Juína - MT

    Força população, é uma vergonha o que estão fazendo como nosso povo matogrossense... Que pena estas familias jogadas nas estradas ... Todos trabalhadores, que pena que não aparece nenhum politico para ajudar, cadê os politicos que prometeram defender nosso povo ? Cade a maçonaria ? que é formada de homens honestos que sempre estiveram presentes nas grandes revoltas do Brasil e do Mundo ... homens que antigamente lutavam até pelo direito de existirem mas que agora se acovardam perto do injustiça e nada fazem ... Cadê o pastores evangélicos que pregam a ajuda as ovelhas ? cadê a igreja católica que por sua natureza ajuda as familias e as minorias e agora nada fazem ? Cadê a FAMATO ? que recebeu a contribuição destes agricultores por tantos anos ? Cadê o governador da república Silval Barbosa que JUROU horar nosso povo e nosso território ? Cade a ajuda de tanta gente que promete ajudar o povo ????????

    0
  • Laryssa Miranda . Confresa - MT

    Bom , isso pra mim é uma falta de respeito com todos que estão lá , cade a JUSTIÇA desse BRASIL , ? depois dessa vejo que isso não existe , ! trabalhadores , agricultores , comerciantes , etc.. , todos ganham a sua vida com oque tem lá , e as crianças que precisam ir pra escola e agora ? todos nos precisamos de educação , nossa fico muito chateada de ver umas coisas dessas e não poder fazer nada , Eles são GENTE como todos nos , não podem ser despejados sem ao menos não ter direito de tirar suas coisas de dentro da casa , estão sendo tratados como animais , isso pra mim é o fim , ! OQUE NOS PRECISAMOS É DE PESSOAS BOAS , PESSOAS COM CAPACIDADE DE MUDAR ISSO (Y' ,

    0
  • Emanuel Geraldo C. de Oliveira Imperatriz - MA

    > Esse governo que ai esta formado pelo Lula, Dilma, Genoino, Ze Dirceu, etc nunca gostou de democracia! Foram guerrilheiros (menos Lula, claro) contra os militares visando implantar no Brasil o socialismo modelo Cuba e nunca desistiram desse sonho. A democracia brasileira é muito jovem e corre serios riscos com esse povo tentando controlar a imprensa, desserpeitando o direito de propriedade. Cadê a CNA? Cadê os militares?

    0
  • gilberto celestino gov valadares - MG

    Olha seu Almir, com tanto ardor , vos defendes estes in fratores, que fico a pensar, onde esta o limite da legalidade, quem mais vai temer os tribunais, as suas sentencas,quem mais vai se importar em ser um cidadao do bem, de respeitar o direito do outro, tanto e o apoio que estes grileiros e invasores de terra vem recebendo de setores da midia e de outros segmentos da sociedade,que adotam a velha maxima... AOS amigos do rei tudo, aos inimigos a justica, que bom seu Almir, pois pelo exposto, vos deixais claro o vosso afeto pelo Rei, o velho e bom PIG DE PLANTAO!!!!

    0
  • Dina rezende Vila rica - MT

    (PARTE I) - ESTA HISTORIA COMEÇA LA ATRAS, COM SEU GILBERTINHO (dono irregular - agropecuaria SUIAMISSU. Emitindo papeis falsos,e vendendo terra da uniao). Acompanhado do nego naldo( ultima historia- tentou roubar um aviao c fuzil e armados, foi preso e o seu gilbertin GASTARAM MAIS de 200.000,00 com os advogados para tirar o nego naldo da cadeia DE SEGURANCA MAXIMA).

    0
  • Almir José Rebelo de Oliveira Tupanciretã - RS

    Quando eu e o Telmo comentamos sobre a força das ONGs junto ao governo e usam os índios para dar o golpe contra o desenvolvimento brasileiro, poucos acreditam! Esse "negócio" foi montado para que o time da Marina elegesse a Dilma no segundo turno. As Ongs usam a igreja, a mídia, setores do ministério público, banco mundial, ONU... Como dizia o deputado Confucio Moura, trabalham no subterraneo do Congresso Nacional sem que ninguém perceba. Vejam esse crime que estão cometendo contra os produtores brasileiros que estão sendo expulsos de suas propriedades: Mas quem está comandando isso, quem responde por isso? Mas alguém consegue falar com essa gente? Essa gente tem que vir para a midia explicar esse golpe contra a soberania e a democracia brasileira! A senhora katia Abreu presidente da CNA se manifestou de forma muito fria, muito sem convicção, sem força, sem a energia que o momento exige. A sociedade da região tem que usar as estratégias que eles usam contra nós: o MST nos ensinou que devemos nos unir, organizados e transformarmos isso em "movimento": O Movimento dos proprietários expulsos de suas propriedades pelo próprio governo federal! Ou o governo explica quem é o responsável por esse crime contra a propriedade e contra o cidadão que produz no brasil. Os sindicatos, as federações estaduais, as prefeituras, as camaras de vereadores, toda a sociedade. É o movimento da sociedade brsleira contra a injustiça oficial e o desrespeito a lei pelos órgãos oficiais. A Frente Parlamentar da Agropecuária precisa tomar uma atitude, fazer uma audiência pública urgente para que alguém explique quem deu poder para a Funai mandar no Brasil, convocar a Igeja para se manifestar já que bispo não pode mentir ele vai ter que dizer quantas ONGs ele representa! Os Prefeitos terão que dizer se querem que os produtores sejam expulsos de seus municípios ou não. Será o movimento da cidadania que sustenta o País! Vamos em frente brasileiros e podutores do Mato Grosso e região atingida pelo golpe ds ONGs contra o Brasil!

    0