Representante comercial dos EUA promete processo de exclusão para tarifas se negociação com China falhar

Publicado em 16/01/2019 07:53
621 exibições

LOGO REUTERS

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - O representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, garantiu a parlamentares que empresas poderão pedir exclusão de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em bens sob discussão com Pequim se as negociações não renderem um acordo até o prazo de 2 de março.

Lighthizer disse a senadores dos EUA que ampliará um processo de pedido de exclusões que está atualmente disponível apenas a uma rodada anterior de tarifas de 25 por cento sobre 50 bilhões de dólares em bens. Empresas dos EUA atualmente não têm recursos para buscar isenções sobre a última rodada de tarifas de 10 por cento adotadas em setembro.

Os EUA vêm aplicando tarifas desde meados de 2018 em uma batalha comercial entre os dois países.

O governo Trump deve aumentar as mais recentes tarifas para 25 por cento, mas adiou essa medida até 2 de março para permitir negociações entre Washington e Pequim para tentar resolver suas diferenças.

"Se a taxa sobre 200 bilhões for elevada a 25 por cento, o representante comercial iniciará um processo apropriado de exclusão", disse Lighthizer em carta datada de 11 de janeiro ao senador republicano Pat Toomey.

Fonte Reuters

Nenhum comentário