Trump e Xi não se encontrarão mais em 27 de março e acordo precisa ser alinhado

Publicado em 08/03/2019 14:03 e atualizado em 09/03/2019 15:59
472 exibições

LOGO nalogo

O jornal Financial Times publicou, nesta sexta-feira (8), uma nota informando que o encontro entre Donald Trump e Xi Jinping que poderia ocorrer nos dias 27 ou 28 de março foi adiado, com China e Estados Unidos buscando afinar e alinhar alguns detalhes ainda soltos no possível acordo que estaria sendo costurado pelos dois países. 

Segundo o embaixador dos EUA na China, Terry Branstad, disse não haver, neste momento, datas ainda não estão definidas e líderes das duas maiores economias do mundo seguem negociando. 

Ainda segundo o Financial Times, a decisão de Trump de deixar a Coreia do Norte sem a finalização de um acordo com seu líder, Kimm Jong, após uma cúpula realizada na semana teria assustado totalmente os chineses, segundo disse o representante do Conselho Empresariam EUA-China, Jake Parker. 

"Eles querem uma cerimônia para a assinatura, não mais negociações. Os dois lados querem que isso (acordo) aconteça", diz Parker. 

A informação foi destaque em diversas mídias internacionais nesta sexta e, como disse o The New York Times, apesar dessas últimas informações, "o presidente Trump está otimista sobre a proximidade de um acordo. Os oficiais chineses, nem tanto". 

No entanto, detalhes desse possível acordo entre as duas maiores economias do mundo em importantes pontos ainda estariam tirando o sono de líderes de ambas as delegações, incluindo a retirada das tarifas de importações sobre produtos dos dois países. Especialistas ouvidos pelo The New York Times noticiam que, autoridades chinesas estariam preocupadas com as resoluções finais podendo prejudicá-los. 

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário