RJ registra 150 mortes por covid-19 em 24h; A cidade do Rio de Janeiro teve mais 90 mortes

Publicado em 09/05/2020 19:32 162 exibições

O Estado do Rio de Janeiro registrou neste sábado, 9, o segundo maior número de mortes por contaminação do novo coronavírus (covid-19) em 24 horas. Foram 150 óbitos, elevando para 1.653 as vítimas fatais da pandemia no Estado. Na última quinta-feira ocorreu o maior número de óbitos na pandemia em um dia: 189 pessoas.

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que, até este sábado, eram 16.929 casos confirmados, 1.188 a mais do que na sexta-feira. Ainda existem 831 óbitos em investigação e 169 foram descartados.

Até o momento, entre os casos confirmados, 10.732 pacientes se recuperaram da doença.

A cidade do Rio de Janeiro teve mais 90 mortes nas últimas 24 horas, elevando para 1.092 o número de vítimas fatais.

Distribuição

Os 1.653 mortos se distribuem pelo Rio de Janeiro (1.092), Duque de Caxias (104), Nova Iguaçu (63), Niterói (39), São Gonçalo (36), São João de Meriti (36), Belford Roxo (31), Mesquita (22), Volta Redonda (16), Itaboraí (19), Macaé (14), Maricá (13), Petrópolis (16), Magé (12), Nilópolis (13), Itaguaí (11), Nova Friburgo (8), Rio das Ostras (8), Teresópolis (7), Tanguá (6), Cabo Frio (5), Queimados (5), Iguaba Grande (4), Resende (4), Rio Bonito (4), Saquarema (4), Angra dos Reis (6), Barra do Piraí (3), Campos dos Goytacazes (4), Cachoeiras de Macacu (3), Guapimirim (4), Paracambi (3), São Pedro da Aldeia (4), Araruama (2), Bom Jardim (2), Casimiro de Abreu (2), Japeri (2), Mangaratiba (2), Sapucaia (2), Arraial do Cabo (2), Barra Mansa (1), Bom Jesus de Itabapoana (1), Itaocara (2), Miguel Pereira (1), Paraíba do Sul (1), Paraty (2), Santo Antônio de Pádua (1), São Francisco de Itabapoana (1), São João da Barra (1), Silva Jardim (3), Três Rios (1), Valença (1) e Vassouras (1).

Os dez municípios com maior número de casos confirmados são a capital (10.479), Duque de Caxias (733), Niterói (629), Nova Iguaçu (610), São Gonçalo (453), Volta Redonda (399), São João de Meriti (336), Belford Roxo (293), Itaboraí (285) e Mesquita (223).

Rio recebe 90 respiradores doados pelo Ministério da Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) recebeu do Ministério da Saúde, na tarde deste sábado, 9, uma remessa de 90 respiradores. Os aparelhos, importantes no processo de recuperação dos pacientes com sintomas graves de coronavírus, serão usados nos hospitais da rede estadual, além de serem entregues em apoio aos municípios.

A doação foi acertada na sexta-feira, 8, durante visita do ministro da Saúde, Nelson Teich ao Hospital de Campanha do Maracanã, onde se encontrou com o governador do Rio, Wilson Witzel.

Neste sábado, o Estado do Rio registrou o segundo maior número de mortes em 24 horas pelo coronavírus, 150, superado apenas pela última quinta-feira, quando 189 pessoas morreram vítimas da pandemia em um dia.

Os respiradores, que serão usados de forma imediata para abertura de leitos de UTI, vão ser entregues nas seguintes unidades: Hospital Alberto Torres (10), Hospital Geral de Nova Iguaçu (10), Hospital Desembargador Leal Júnior (5), Hospital de Campanha Maracanã (30), Hospital das Freiras (10), Hospital de Bom Jesus de Itabapoana (10), Hospital de Paraíba do Sul (8), entre outros cujos locais ainda serão definidos.

O Hospital de Campanha do Maracanã, na zona norte do Rio, começa a receber na noite deste sábado pacientes do SUS infectados pela covid-19, após sofrer um princípio de incêndio na parte da manhã, que não afetou a estrutura e nem equipamentos da unidade.

O hospital inicialmente funcionará com capacidade para 170 leitos, 50 deles de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Os outros 230 serão entregues à população ao longo da próxima semana. Ao todo serão 400 leitos, dos quais 160 serão de UTI. Desde esta manhã, profissionais de saúde que vão atuar em hospitais de campanha do Estado, incluindo o Maracanã, participaram de treinamento, realizado no Maracanãzinho.

 

Fonte:
Estadão Conteúdo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário