Abapa viabiliza operação do primeiro laboratório de testes para a Covid-19 no Oeste da Bahia

Publicado em 13/05/2020 14:18 62 exibições

O Oeste da Bahia conta com o primeiro laboratório certificado para o processamento de testes da Covid-19. Com o apoio dos produtores rurais, por meio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) começa a realizar nesta terça-feira (12) os primeiros testes com amostras encaminhadas pelo Núcleo Regional de Saúde, conforme prioridades estabelecidas pelos órgãos de saúde. A Abapa viabilizou a operação deste laboratório com investimentos da ordem de R$ 370 mil para a aquisição de equipamentos e insumos que garantiram neste primeiro momento a realização de até três mil testes do novo Coronavírus.

Com capacidade para 30 análises diárias, os resultados têm previsão de serem concluídos e as informações atualizadas na plataforma online do Ministério da Saúde no prazo de 72 horas. Para o reitor da UFOB, Jaques Miranda, esta parceria com a Abapa foi fundamental para a adequação do laboratório de diagnóstico molecular da universidade para analisar as amostras de Covid-19. “Com essa parceria equipamos parte do laboratório e adequar a infraestrutura do laboratório que foi certificado pelo Laboratório Central para atender a demanda de toda a região”, afirma.

Para o secretário de saúde de Barreiras, Anderson Vian, este apoio da Abapa para o início dos testes na UFOB vai possibilitar maior quantidade e celeridade nos testes que antes vinham sendo encaminhados para o Laboratório Central, em Salvador. “Isso nos trará maior segurança para traçar o perfil epidemiológico, não só de Barreiras, mas para toda a região”, afirma. Diante da importância destes testes neste momento da pandemia do coronavírus, o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, reforça o mérito desta parceria entre a associação de produtores e UFOB para o início da operação do laboratório. “A Abapa disponibilizou toda uma equipe de compras e logística para adquirirmos estes equipamentos. Fomos buscá-los em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, onde estivessem, tudo em tempo recorde, para disponibilizar aos pesquisadores da universidade para fazerem o trabalho”, reforça.

A Abapa já investiu um montante de R$ 1,3 milhão em ações de enfrentamento ao novo coronavírus. Além da instalação do laboratório de testagem da Covid-19, a entidade doou 70 Km de tecidos 100% algodão, que através de uma parceria entre prefeituras e a secretaria de planejamento do estado (Seplan), serão transformados em 700 mil máscaras e distribuídos para mais de 100 municípios baianos. A associação também promoveu a doação de 8 mil toalhas para hospitais, e equipamentos e materiais s básicos de saúde e de proteção aos pacientes e profissionais de saúde dos municípios do Oeste do Estado. “Só vamos usar ganhar essa guerra se tivermos união, solidariedade e responsabilidade. É isto que os agricultores do Oeste, a diretoria e associados da Abapa estão empenhados neste momento”, afirma.

Fonte:
Abapa

0 comentário