Veja os vídeos da ação dos "anjos da democracia", os "antifas"; em Curitiba queimaram bandeira do Brasil

Publicado em 01/06/2020 15:08 e atualizado em 02/06/2020 10:10 3875 exibições

Grupos armados, encapuzados e vestidos de preto, dizendo-se "defensores da democracia", entraram na avenida Paulista quando muitas familias vestidas de verde-amarelo faziam manifestação a favor de Bolsonaro. O conflito foi inevitável, e a PM teve de recorrer ao Batalhão de choque, que jogou bombas de gás sobre os manifestantes. Vejam abaixo:

PROTESTOS

PROTESTOS 2

protestos 3

Bolsonaro pede a apoiadores que evitem manifestação no próximo domingo

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse a seus apoiadores, nesta segunda-feira, que devem evitar manifestações no próximo domingo para não entrarem em confronto com grupos que já marcaram atos a favor da democracia e contrários ao governo.

Ao sair do Palácio da Alvorada, Bolsonaro parou para conversa com o grupo, que foi levado para a pista dentro da residência oficial para que ele pudesse evitar os jornalistas que sempre o esperam pela manhã.

"Estão marcando no domingo um movimento, né? Deixem sozinho no domingo. Eu não coordeno nada, não sou dono de grupo. Eu só vou prestigiar vocês. Fazem um movimento limpo, decente, pela democracia, pela lei e pela ordem. Eu apenas compareço", disse o presidente, afirmando ainda que não conhece as pessoas que tem organizado as manifestações a seu favor.

"Eu acho que já eles marcaram para domingo, deixa eles domingo lá."

A fala de Bolsonaro veio depois de um dos apoiadores reclamar que era preciso "acabar com esses caras de preto batendo na gente".

Esquerda dividida sobre manifestações contra Bolsonaro durante a pandemia (O Antagonista)

O Antagonista apurou que há uma divisão em partidos da esquerda e nos movimentos sociais sobre o momento para ocupar as ruas contra Jair Bolsonaro.

Enquanto alguns acham que “não dá mais para esperar” — pensamento que acabou motivando o ato protagonizado pelas torcidas organizadas em São Paulo no domingo –, outros avaliam que, em meio à pandemia da Covid-19, os protestos serão “tiro no pé”.

“O pessoal está muito em dúvida, mas a tendência é começar a sair mais. Alguns acham que temos que deixar para depois da pandemia, porque precisamos ter os cuidados necessários com as aglomerações”, disse ao site uma liderança petista.

De toda forma, continua mantido, por exemplo, o ato previsto para ocorrer no próximo fim de semana na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Mais cedo, o presidente da República pediu aos apoiadores que “deixem eles sozinhos no domingo, tá ok?“.

PM diz que neonazistas ‘provavelmente’ iniciaram tumulto na Paulista

O secretário-executivo da Polícia Militar de São Paulo, Coronel Álvaro Batista Camilo, disse à CNN que manifestantes que carregavam bandeiras neonazistas “provavelmente” iniciaram o tumulto que terminou em confronto na Avenida Paulista.

“A polícia filma tudo, estamos filmando isso também. Vamos passar para a Justiça e o Ministério Público para que se apure. Provavelmente seja o pessoal ligado ao neonazismo que acabou começando, levando a esse tumulto”, afirmou.

Bolsonaro retuíta mensagem de Trump contra movimento antifascista

Jair Bolsonaro republicou no Twitter um post de Donald Trump em que o presidente americano diz que os Estados Unidos vai classificar a Antifa — movimento antifascista — como uma organização terrorista.

Como registramos, grupos que se intitulam antifascistas foram às ruas neste domingo em atos contra Bolsonaro.

Tanto em São Paulo quanto no Rio, as manifestações contra o presidente terminaram em confronto com a Polícia Militar.

Mais cedo, Eduardo Bolsonaro já havia defendido o mesmo. “Aqui eles se fantasiam de torcida organizada, mas todos sabemos que querem é desordem, baderna e confronto com manifestações pacíficas”, disse o deputado no Twitter.

Mourão: “Deixa o cara governar! Deixa o cara governar!”

Hamilton Mourão, a propósito do afastamento de Jair Bolsonaro, disse para o Valor:

“Deixa o cara governar! Deixa o cara governar! Se ele cometer erros, dentro do limite da responsabilidade dele, como ‘n’ governantes já cometeram, vai chegar em 2022 e ele será julgado pelo eleitorado. É assim que se processa no sistema democrático (…).

Fomos governados pela esquerda e pela centro esquerda e agora é a centro direita e alguns da direita mais extremada. Isso é a alternância democrática. Deixa esse pacote passar. Se provar que funciona ele será eleito em 2022 e, se não funcionar, ele irá para o lixo da história. Deixa a turma cumprir sua tarefa. Se tem algo com o qual não se concorda, então entra com uma ação ou o Congresso bloqueia. Vamos baixar as tensões!”

Ele disse também:

“Acho que muita coisa é só retórica inflamada. Acho não, é retórica inflamada de ambos os lados. Existe um clima de torcida organizada para tudo, desde o remédio [a cloroquina] até decisão…”

Vandalismo em Curitiba (O Antagonista)

Manifestação contra o racismo em Curitiba na noite de hoje deixou pontos de ônibus destruídos, vidros de agências bancárias quebrados e a fachada do Fórum Cível depredada.

Os manifestantes dizem ser do Antifa. Eles arrancaram uma bandeira do Brasil de um prédio do governo estadual e atearam fogo, segundo a Gazeta do Povo.

A PM usou balas de borracha, bombas de efeito moral e cassetetes para dispersar o grupo.

Exército pode reagir se black blocs avançarem

A avaliação na cúpula do Exército é que manifestações como a de ontem, com atos de vandalismo e confronto, devem ser contidos pelas forças de segurança dos estados.

Mas os militares podem colocar os tanques nas ruas, caso a situação fuja do controle.

Nesse sentido é que Jair Bolsonaro foi orientado a pedir que seus apoiadores evitem manifestações concomitantes. Faz bem. (O Antagonista).

Assista abaixo vídeos dos confrontos em Curitiba: 

"Manifestantes do Antifas queimam a bandeira do Brasil" 

(relato no BEM PARANÁ):

..."Um grupo que carregava uma faixa da Antifa passou a promover uma passeata na direção ao Centro da cidade pela Rua XV de Novembro até o Centro Cìvico. Já nas proximidades do Colégio Estadual, houve ameaça de confronto entre os manifestantes e os policiais, ainda em menor número.

Na frente do Palácio Iguaçu, o grupo queimou a bandeira do Brasil, em protesto contra o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Policiais Militares tentaram impedir o ato, o que acabou gerando outro início de contronto com os participantes do protesto.

Foi quando parte dos manifestantes depredou agências bancárias do Santander, Bradesco e Itaú com pedras. Também foi atingido o Shopping Mueller e a sede do Fórum de Curitiba, na Avenida Cândido de Abreu.

A sede da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) foi um dos alvos também. 

Os policiais que acompanhavam a manifestação pediram reforço.

Foi quando a  tropa de Choque da Polícia Militar chegou e reagiu com bombas de gás lacrimogênio para dispersar os manifestantes na Avenida Cândido de Abreu.

A situação ficou tensa". 

(https://www.bemparana.com.br/noticia/manifestantes-queimam-bandeira-do-brasil-e-atacam-agencias-bancarias-no-centro-de-curitiba?utm_source=push&utm_medium=push&utm_campaign=push#.XtXI7vlKjUm)

Fonte:
Reuters/O Antagonista

2 comentários

  • Fernando Rezende Bom jesus das selvas - MA

    Esse povo que promoveu a manifestação é "complicado"..., até agora não pagou a gente por ter participado. Cadê a grana?

    5
  • Otávio Perrone Santos Casa Branca - SP

    Vamos aos fatos:

    1. A diferença entre um ato e outro é que um monte de baba ovo do presidente e a favor da imposição de um regime político defendido por essa minoria (leia-se ditadura) e outro foi por defender o regime político vigente.

    2. No meio de todo protesto existem quem quer realmente protestar e quem quer arrumar confusão, vide os exemplos dos vídeos das manifestação pró democracia (aquela galera que ficou incitando a violência e a galera que ficou causando confusão na paulista) e contra a democracia (cito a mulher com o bastão de beisebol e o deputado que (pasmem!!) disse que mandou queimar uma das faixas do protesto a favor da democracia e se diz a favor do povo, contraditório não?)

    3. Não nos esquecemos do ato ridículo da Sarah Winter, que se não faz alusão a movimentos racistas, foi de uma insensatez sem tamanho. Ahhh e eles estavam de preto, mas isso o NA nem menciona, no mínimo é engraçado esse tipo de cegueira desses jornalistas para não dizer que esse site é comprado pelos interesses da situação.

    No fim eu já sei o que vai acontecer, vou ser taxado de comunista, esquerdopata, mas paciência. Ao invés de estarmos cobrando os políticos (nesse caso deputados, senadores,governadores, prefeitos e presidente) sobre soluções efetivas para controle da doença e um planejamento para que as micro, pequenas e médias empresas além dos trabalhadores em informais, estamos desviando nossa atenção com uma parcela da população que pede a volta da ditadura, infelizmente.

    72
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Apareceu outro babaca idiota aqui que não quer ser chamado de comunista mas defende que os politicos resolvam o problema que eles mesmos criaram. Vá procurar tua turma, imbecil.

      18
    • Rafael Antonio Tauffer Passo Fundo - RS

      Otávio, todos tem o direito de se manifestar e sim os políticos deveriam ser cobrado para resolver os problemas do País. Agora, sobre as manifestações, temos que esclarecer algumas coisas: quantos finais de semana tem manifestações de apoio ao Presidente? Qual ato de vandalismo essas pessoas promoveram?

      3
    • Itamar Tafarel Coronel Vivida - PR

      Quando não concorda com a opinião contrária, rebate com xingamentos! E ainda tem coragem de exigir respeito, se nem sequer sabe respeitar a opinião dos outros! Isso, aqui na "roça", se chama "semvergonhice"!

      12
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      E chamar os outros comentaristas de lambe saco é o que, Itamar? Quem não tem vergonha na cara é voce.

      10
    • Elton Szweryda Santos Hortolândia - SP

      O sr Otavio faz parte da velha guarda tradicional politica, tipo Aecio, Alckimim, Temer, Doria, sao poucos mas existem.

      3
    • Elton Szweryda Santos Hortolândia - SP

      Me parece que o sr de casa branca, nem mora no brasil, ou esta muito mal informado, ou pior ainda é da turma dos antifas, como tantos ministros stf, deputados, senadores.

      3