Aposta em retomada e medicamentos respalda apetite a risco e Ibovespa supera 90 mil pontos

Publicado em 02/06/2020 11:51 167 exibições

LOGO REUTERS

A bolsa paulista mantinha o viés positivo nesta terça-feira, beneficiada pelo apetite a risco nos mercados globais, reflexo de apostas na retomada das economias bem como esperanças de avanços no tratamento e vacinas para o Covid-19.

Às 11:42, o Ibovespa subia 2,02 %, a 90.406,71 pontos. O volume financeiro era de 8 bilhões de reais.

Na visão do estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos, os ativos de risco estão seguindo uma dinâmica bastante positiva nos últimos dias, a despeito do aumento de alguns riscos no cenário, como a piora da relação entre EUA e China.

"Além de uma liquidez global colossal, a expectativa de retorno ao normal, a normalização de casos de contágio ao redor do mundo e a esperança de uma vacina estão sendo vetores essenciais de suporte ao mercado."

No exterior, o S&P 500 avançava, mesmo viés registrado nas bolsas na Europa. Entre as commodities, o petróleo subia antes de reunião da Opep+ sobre cortes de produção, enquanto minério de ferro manteve o rali na China.

DESTAQUES

- CVC BRASIL ON disparava 9,23%, tendo de pano fundo alívio nas restrições de circulação em razão do novo coronavírus, bem como a forte queda do dólar em relação ao real nesta sessão. No setor de viagens, entre os mais afetados pela pandemia, GOL PN subia 4,67% e AZUL PN ganhava 2,87%.

- PETROBRAS PN avançava 2,61%, na esteira da alta dos preços do petróleo no mercado externo, onde o Brent subia mais de 2% antes de reunião da Opep+ sobre cortes de produção.

- ITAÚ UNIBANCO PN valorizava-se 3,3% e BRADESCO PN tinha alta de 2,58%, com bancos mais uma vez respaldando o desempenho positivo do Ibovespa. BTG PACTUAL UNIT disparava 6,86%.

- VALE ON subia 0,37%, uma vez que o minério de ferro mantém o rali na China com apoio de demanda e preocupação com oferta. Segundo a Associação de Ferro e Aço da China, mineradora espera ampliar os embarques do produto para a China em 2020 na comparação com 2019. No setor de mineração e siderurgia, GERDAU PN ganhava 6,95%.

- EMBRAER ON mostrava elevação de 8,23%. O presidente da empresa, Francisco Gomes Neto, disse que a fabricante de aviões está aberta a novos parceiros de negócios após a Boeing ter desistido de um acordo. Mas citou que qualquer novo acordo será menor em escopo do que aquele que vinha sendo negociado com a Boeing e que foi encerrado em abril.

- BRMALLS ON perdia 1,44%, em sessão de realização de lucros, após alta recente no setor de shopping centers em razão de perspectivas de alívio nas medidas de confinamento. IGUATEMI ON tinha variação positiva de 0,37% e MULTIPLAN ON cedia 0,04%.

- MARFRIG ON caía 0,99%, em meio ao declínio do dólar ante o real nesta sessão. No setor, JBS ON perdia 0,32%. Procuradores do trabalho em Santa Catarina estão movendo uma ação contra a JBS por suposta violação de direitos de trabalhadores indígenas depois que 40 foram demitidos pela empresa na cidade de Seara. A empresa nega discriminação e cita descontinuidade de serviço de transporte.

Fonte:
Reuters

0 comentário