Exportação de soja do Brasil deve fechar semestre com alta de 34%, prevê Anec

Publicado em 10/06/2020 13:41 e atualizado em 10/06/2020 16:41 302 exibições

LOGO REUTERS

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil deverá terminar o primeiro semestre com exportações de 60,5 milhões de toneladas de soja, considerando os embarques de 10,8 milhões de toneladas projetados para junho, apontou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) em relatório nesta quarta-feira.

O volume esperado para o semestre representaria um aumento de 34% na comparação com o total embarcado no mesmo período de 2019, de acordo com dados computados pela Anec.

Os embarques de soja, o principal produto de exportação do país, estão sendo beneficiados por uma grande demanda da China, além de um câmbio que torna o produto brasileiro mais competitivo.

Além disso, conforme comentou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na véspera, embarques têm sido recordes nos primeiros meses do ano devido a antecipações em razão de incertezas relacionadas aos impactos da Covid-19 na comercialização e logística de movimentação da produção agropecuária.

A Anec ainda observou que as operações logísticas e os embarques para exportação seguem normalmente em todo o país, ainda que a pandemia tenha exigido mudanças em muitos protocolos.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário