Bolsonaro nega interferência na Petrobras e defende valor fixo para ICMS sobre combustíveis

Publicado em 05/02/2021 11:10 37 exibições

LOGO REUTERS

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que seu governo não interfere e não interferirá na Petrobras e que pretende enviar ao Congresso um projeto de lei para tratar da incidência do ICMS, imposto de competência dos governos estaduais, sobre os combustíveis.

Em entrevista coletiva ao lado do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e de ministros como Paulo Guedes (Economia) e Bento Albuquerque (Minas e Energia), Bolsonaro defendeu um valor fixo para o ICMS sobre combustíveis a ser determinado pelas Assembleias Legislativas de cada Estado.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário